Flamengo e Vasco prometem clássico animado no Maracanã

Talvez por entender que o Flamengo estará desgastado, o Vasco planeja uma postura ofensiva.

Foto: Gilvan de Souza
GAZETA ESPORTIVA: Quase quatro meses depois de terem feito um jogo polêmico em São Januário, que terminou com vitória rubro-negra por 1 a 0, o estádio todo quebrado e um torcedor morto, Flamengo e Vasco se reencontram neste sábado, às 19h (de Brasília), no Maracanã, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. No último clássico, o gol do meia Everton fez Zé Ricardo, então técnico do Rubro-Negro, comemorar. Um turno depois o treinador trocou de lado e atualmente dirige o Cruz-Maltino.

A situação dos times na tabela de classificação também mudou. O Vasco, por exemplo, que brigava contra o rebaixamento, agora soma 43 pontos, na oitava posição, e luta por uma vaga na próxima Copa Libertadores. Com três pontos a mais, o Rubro-Negro já se encontra na zona de classificação para o torneio continental.

“Tem tudo para ser um jogo muito equilibrado, pois os dois times estão fazendo campanhas bem semelhantes e brigam pelos mesmos objetivos. Vamos precisar de mais um dia inspirado se quisermos ganhar”, disse o colombiano Reinaldo Rueda, treinador do Flamengo.

O Rubro-Negro, por sinal, está embalado pelo fato de, no meio de semana, ter vencido o Fla-Flu, por 1 a 0, na partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. O fato de o rival ter se desgastado é visto como vantagem pelos vascaínos.

“A maior vantagem do nosso time neste jogo é o descanso. Viemos numa batida grande, jogo contra Avaí desgastante, Botafogo, Atlético-GO, questão de uma semana. Desgasta um pouco. Contra o Coritiba foi corrido. O principal para o clássico é estar focado, trabalhando, mas essa baixada de carga de jogos também. O Flamengo pode chegar mais desgastado. Para mim a maior vantagem é essa”, disse o volante Jean.

Talvez por entender que o Flamengo estará desgastado, o Vasco planeja uma postura ofensiva. 

“O Vasco conseguiu subir muito de produção neste segundo turno e tem uma maneira de jogar bem definida, que acaba privilegiando a busca pelo gol. Não acho interessante mudarmos isso apenas por ser um clássico e acredito que o Zé Ricardo tenha a mesma posição, pois é um técnico que privilegia o jogo ofensivo. Precisamos desta vitória para nos aproximarmos ainda mais do nosso objetivo”, disse o goleiro Martín Silva.

Pelo lado do Flamengo, Éverton Ribeiro também aposta em um jogo aberto. “O Flamengo tem por filosofia propor o jogo e se o Vasco pretende fazer a mesma coisa acredito que vamos ter um jogo aberto e muito bem disputado no Maracanã”.

O Flamengo tem desfalques para este jogo. O zagueiro Réver, que sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito contra o Fluminense, e o atacante peruano Paolo Guerrero, com dores na coxa direira, ficam de fora. Assim, Rhodolfo entra na zaga, e Felipe Vizeu segue no comando de ataque. Outro que fica de fora, mas por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo na derrota por 2 a 0 para o São Paulo, é o volante colombiano Gustavo Cuéllar, que cederá seu posto para Márcio Araújo.

O Vasco também não poderá contar com um importante nome na defesa: Breno, suspenso por ter sido expulso no empate por 1 a 1 com o Coritiba. Desta maneira, Paulão ganhará uma oportunidade e vai compor o setor com Anderson Martins. Quem permanece de fora é o atacante Luis Fabiano, que ainda se recupera de uma contratura miofacial. Seu retorno está previsto para o duelo contra o Vitória, na próxima semana. O argentino Andrés Rios segue como a referência na área.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget