Flamengo embarca para BH pela Copa Brasil de Clubes Sub-16

Camisa 10, o ala Igor procurou dar valor à experiência e salientou a responsabilidade do Fla no torneio.

Foto: Divulgação
GARRAFÃO RUBRO-NEGRO: por Rafael Rezende

A semana será cheia para o Sub-16 (na verdade composto por atletas que estão no primeiro ano de Sub-17) do Flamengo em Minas Gerais. O Rubro-Negro carioca está no grupo E da Copa Brasil de Clubes da categoria, ao lado de Ginástico-MG, Grêmio Náutico União-RS e Vizinhança-DF, e, nesta primeira fase, precisa ficar entre os dois primeiros para avançar rumo às oitavas de final da competição.

A iniciativa da CBB, em parceria com o CBC, contemplará uma equipe que possui promessas conhecidas e jogadores em busca de evolução. Na lista enviada à organização, constam os seguintes nomes: Elias Oliveira, Felipe Seixas, Gabriel Brenha, Igor Souza, Magno Faria, Matheus Alves, Matheus 'Macaé' Souza, Richard Souza, Ruan Michel e Vitor Hugo. Em ordem, o time enfrentará GNU (amanhã, às 9h30), Ginástico (terça, às 9h30) e, por fim, o Vizinhança (quarta, às 11h).

Camisa 10, o ala Igor procurou dar valor à experiência e salientou a responsabilidade do Fla no torneio:

"É uma oportunidade ímpar, pois não tivemos a seleção sub-17 e essa Copa não era nem cogitada há pouco tempo. Vamos aproveitar ao máximo possível. Quando o Flamengo entra em uma competição, é pra ser campeão. Em relação aos adversários, estamos preparados para bater de frente com qualquer um."

Destaque desde os treze anos, Magno provou, através de sua declaração, o porque é apontado como tal. O jogador teve personalidade ao avaliar o contexto do campeonato:

"Para o nosso time, disputar uma competição desse nível é essencial no aspecto individual e coletivo. São jogos mais fortes, com equipes que ainda não enfrentamos e jogadores diferentes. Alguns até vimos atuar uma vez ou outra, mas a maioria, não. O único Brasileiro que eu tinha disputado foi em 2015 pela seleção carioca. De clubes, é minha primeira vez. Em nove anos de basquete, que fique claro. É a chance de mostrar meu trabalho e o que venho fazendo no dia a dia, além da evolução. O Flamengo está investindo na gente e temos a obrigação de colocar o clube no topo. Não iremos passear, temos a meta de conquistar o título. No ano passado, batemos na trave no Sul-Americano de Novo Hamburgo e estamos engasgados. Mesmo não sendo esse torneio, entraremos com garra e disposição."

Já Matheus Macaé, pivô, concluiu concordando com os companheiros e opinando sobre o presente, mas de olho lá na frente:

"A expectativa para a participação da nossa equipe na Copa Brasil é a melhor possível. Nos preparamos bastante para essa disputa e, se Deus quiser, vamos conseguir nosso objetivo, que é ser campeão. A minha perspectiva pessoal é grande, já que venho treinando para alcançar uma evolução técnica, melhorando meu desempenho e ajudando o Flamengo. Estamos perto da fase final do Estadual e aproveitei bem a chance. Agora, quero impressionar para chegar nas categorias de cima."


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget