Flamengo empata e decide final da Taça Rio Sub-15 na Gávea

Os Garotos do Ninho forçarão mais dois jogos, novamente contra o Fluminense, valendo pela final geral do Campeonato Estadual da categoria.

Foto: Divulgação
SITE OFICIAL DO FLAMENGO: Apesar de ser amplamente superior e dominar o clássico durante os 90 minutos, a equipe Sub-15 do Flamengo desperdiçou muitas chances claras de gol, viu o goleiro adversário se destacar e apenas empatou em 1x1 (Reinier) o primeiro jogo da final da Taça Rio contra o Fluminense, disputado na manhã deste sábado (21), nas Laranjeiras. O resultado obtido fora de casa dá ao Mais Querido a chance de ser campeão com uma vitória simples dentro de casa, em partida marcada para a próxima quinta-feira (26), às 10 horas, na Gávea. Novo empate levará a decisão para as cobranças de pênaltis. Caso sejam campeões da Taça Rio, os Garotos do Ninho forçarão mais dois jogos, novamente contra o Fluminense, valendo pela final geral do Campeonato Estadual da categoria.

A primeira chance de gol foi da equipe da casa. Aos 4 minutos, Kaká bateu cruzado e o goleiro Bruno fez boa defesa. Aos 9, Reinier – que assim como o volante Daniel Cabral e o zagueiro e capitão Gabriel Noga desceram para jogarem a final na noite de sexta-feira de Teresópolis, aonde treinam com a Seleção Brasileira para o Sulamericano da categoria ¬– fez bela jogada individual, cortou o zagueiro e soltou uma bomba para a primeira das muitas grandes defesas de Marcelo no jogo. Aos 24, Reinier cobrou falta e Marcelo defendeu sem problemas. O Flamengo dominava o jogo. Aos 33, a melhor chance da primeira etapa. Reinier escorou de cabeça após longo lançamento e deixou Daniel Cabral na cara do gol. Ele bateu e Marcelo fez ótima defesa, impedindo o primeiro gol do Mais Querido na partida.

O segundo tempo começou com o Rubro-Negro criando a primeira chance, com Reinier. Mas logo na sequência, quem abriu o placar foi o Fluminense, em uma de suas duas únicas chances claras de gol em todo o clássico. Após grande defesa de Bruno em finalização de Miguel, a bola sobrou para Calegari, que com o gol aberto abriu o placar. Os Garotos do Ninho não sentiram o golpe, e já na saída de bola foram para o ataque. Aos 6 minutos, Reinier sofreu pênalti. Ele mesmo cobrou e estabeleceu novo empate, que dava um pouco mais de justiça ao que era visto dentro de campo. Aos 9, Reinier arriscou de longa distância com perigo. Aos 17, o Fluminense criou boa chance com Kaká, que chutou por cima do gol de Bruno.

Desse momento até o fim do jogo o Rubro-Negro pressionou muito em busca do gol da vitória. As melhores chances foram com Dedé, aos 22 minutos, e Lázaro, aos 33. Após ótima tabela com Reinier, ele fez belíssima jogada individual dentro da área, limpou o zagueiro e bateu forte, para mais uma grande defesa de Marcelo, que salvou o Fluminense da derrota.

"A vinda de Teresópolis ao Rio ontem à noite para jogarmos agora de manhã foi cansativa, mas quando se trata de Flamengo, cansaço não é desculpa. Faço tudo por esse clube que tanto amo, e sempre darei o máximo em campo. O grupo todo foi muito bem nesse primeiro jogo, dominamos a partida mas infelizmente o segundo gol não saiu. Agora precisamos de alguns ajustes para a partida decisiva na Gávea. O Fluminense deixou claro que veio para se defender mesmo jogando em casa. A equipe vai treinar muito e buscaremos o título na quinta-feira", disse Reinier, que assim como Gabriel Noga e Daniel Cabral retornou para a Granja Comary logo após o jogo para se reapresentar à Seleção Brasileira. Os três estarão em campo no clássico decisivo de quinta-feira, na Gávea.

Flamengo: Bruno, Marcos Felipe, Gabriel Noga, Hugo, Caio, Dhouglas, Daniel Cabral, Samuel (Negueba), Dedé, Reinier e Lázaro (Gabriel dos Santos. Treinador: Ramon Lima.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget