Flamengo leva crianças de favelas para jogo na Ilha

O Flamengo conta com a ajuda da agência de publicidade NBS, que atende ao clube e possui uma área social chamada NBS Rio+Rio.

Foto: Divulgação
EXTRA GLOBO: O Flamengo convidou 500 meninos e meninas de comunidades do Rio para o jogo contra o Bahia, com ingressos doados pelo clube. Crianças do Complexo do Alemão, do Morro do Salgueiro, Engenho da Rainha, Morro do Dendê, Bancários, São João, Vila Aliança e Senador Camará foram ao jogo, acompanhadas dos responsáveis, muitos pela primeira vez. A ideia é fazer a ação na maioria dos jogos.

O Projeto “Pequenos Rubro-Negros” tem como principal objetivo levar para próximo do time crianças que não têm a oportunidade de estarem no estádio. A ideia de distribuir ingressos com foco nos meninos e meninas das comunidades surgiu no último FlaxFlu, no Dia das Crianças, quando os dois clubes dividiram a cota de 500 ingressos.

Na oportunidade o Flamengo fechou uma parceria com o projeto Favelagrafia e convidou crianças do Santa Marta, Morro dos Prazeres, Morro da Mineira, Cantagalo e Babilônia.

Para distribuir os ingressos o Flamengo conta com a ajuda da agência de publicidade NBS, que atende ao clube e possui uma área social chamada NBS Rio+Rio.

- Para muitos é apenas um ingresso, mas para eles é uma ferramenta de atração para esses meninos continuarem no bom caminho – explica Camilo Coelho, da NBS.

- Quando eu recebi a notícia estava treinando os meninos no nosso projeto. O futebol parou de tanto que eles gritavam. Tem muito torcedor do Flamengo aqui na Favela e a grande maioria não tem condições de acompanhar o time de perto. Teve um menino que chorou muito quando entrou, porque era a primeira vez dele no estádio. Para melhorar eles ainda viram uma goleada, quatro gols, foi uma noite inesquecível – comemora João Luiz Araújo, o Geléia, do Complexo do Alemão.

- O futebol é uma ferramenta na formação dessas crianças e muitas delas não têm a oportunidade de acompanhar o time, sentir a energia do estádio. É muito importante para o Flamengo ter essas crianças por perto, eles são uma parte importante do futuro da nossa torcida. Então a nossa ideia é convidá-los sempre que for possível. Já distribuímos mil ingressos em dois jogos, para crianças de comunidades diferentes. E queremos continuar – afirmou o vice-presidente de Marketing, Daniel Orlean.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget