Flamengo terá adversários difíceis no caminho pelo tri da LDB

Figura conhecida no adulto, o ala Danilo não fugiu da responsabilidade, realçou sua liderança e garantiu motivação extra.

Foto: Divulgação
GARRAFÃO RUBRO-NEGRO: por Rafael Rezende

A partir de amanhã, o Flamengo começa a disputar, pela sétima vez consecutiva, a Liga de Desenvolvimento Brasileiro (LDB). Na primeira fase, o time da Gávea terá o atual campeão Franca, Minas, Pinheiros e São José pela frente. A vantagem é que todas essas partidas serão realizadas no ginásio Hélio Maurício, pois o Rubro-Negro é a sede.

Do ano passado para cá, algumas mudanças ocorreram no regulamento. A principal é que, por conta da parceria com a CBB e o CBC, a competição passou a ser Sub-20. Sexto colocado geral em 2016, o Mais Querido, agora, parte em busca do seu terceiro título, já que venceu em 2011 e 2013.

Assim como na Copa Brasil de Clubes Sub-21, o treinador será Rodrigo Carlos. Com quatro confrontos neste início, no mesmo horário (10h45), a tabela está composta da seguinte forma: Pinheiros (sábado), São José (domingo), Minas (terça) e Franca (quarta). A preocupação mesmo é com a estreia, porque boa parte do grupo compõe o Sub-19, que disputa o terceiro jogo da semifinal logo mais, contra o Botafogo, às 20h, em General Severiano. Ou seja, nem um dia de descanso.

Ainda há pouco, a assessoria do clube divulgou a lista dos doze atletas relacionados: André Miguel, Danilo Monteiro, Gabriel Assunção, Gabriel Gomes, Guilherme 'Goiano' Perini, Iago Batal, João Matheus, João Vitor França, Leonardo Monteiro, Thiago 'Sorriso' Batista, Vitor Amorim e Yuri Corrêa.

Figura conhecida no adulto, o ala Danilo não fugiu da responsabilidade, realçou sua liderança e garantiu motivação extra:

"Vai ser um campeonato forte, disputado e muito bom pra gente. Estamos vindo de uma Copa Brasil que serviu de preparação, onde tivemos a oportunidade de atuar contra três equipes que estarão no torneio: Círculo Militar, Minas e Sogipa. Ano passado eu joguei a LDB completa no Flamengo, mas antes tinha participado de uma etapa com a seleção sub-17. Eu trago experiência, pois alguns estarão jogando a primeira, então, posso liderar nesse sentido. Tenho um pouco de noção e agora deu uma melhorada, porque passou a ser na nossa categoria. Não existe jogo fácil e não podemos dar mole, vamos tratar cada partida como a final. A minha expectativa e de todo grupo é de ser campeão. Faremos de tudo para que isso aconteça. Não tivemos tantos treinos juntos, mas a base do time é o sub-19, o que facilita. A primeira fase ser no clube nos motiva para querer mostrar um bom trabalho. Já conhecemos o ginásio e o foco é fazer a melhor campanha possível."

Ciente de que se superou para dar um levante na carreira, Goiano incorporou o espírito da mística flamenguista e indicou plena confiança no elenco:

"Primeiramente, eu queria falar que sempre foi um sonho vestir essa camisa. Ainda mais em um campeonato como a LDB, que para nós da base, é o de maior importância. Somos um time novo e estamos esperando duelos bem difíceis, porém, vamos fazer o nosso melhor e honrar o manto com certeza. A minha perspectiva para esse grupo de jogadores é ótima. Tenho que agradecer a todos por terem me ajudado e confiado em mim, pois venho de um ano difícil, voltando de duas cirurgias. Nós temos união de sobra e vontade de ganhar, esse é o diferencial. Se não for no talento, vai ser na garra. Em questão de objetivos, precisamos pensar jogo a jogo. A meta pessoal nessa competição é, principalmente, ajudar a equipe com raça e vontade. O que vier disso, é lucro. Essa fase no Rio será ótima. Estaremos em casa na cidade maravilhosa e isso nos coloca em vantagem, pois treinamos aqui todo dia. Estou ansioso e otimista."

Assunção sacramentou a conversa com uma avaliação de todos os fatores que podem, ou não, influenciar. E apostou no empenho para atropelar os obstáculos:

"Quando o assunto é Flamengo, se pensa logo em brigar pelo topo. O clube nunca entra em alguma competição para ser somente mais um. Estamos entre os favoritos, não somos o principal, mas temos qualidade para estar lá em cima. A equipe está entrosada e o campeonato sub-21 foi ótimo. Acreditamos que vamos bem. Em relação ao plantel, permanecemos unidos, com um querendo ajudar o outro, tendo o mesmo objetivo. Não tem ninguém olhando pro próprio umbigo. Minha meta pessoal é ajudar o time. É lógico que todos querem buscar seu espaço para se destacar, pois querendo ou não, são doze atletas para uma ou duas vagas no profissional. Mas estou preocupado em fazer meu jogo, apenas. Quero ser campeão da LDB, é um título que ainda não tenho. E o que eu puder fazer para contribuir, farei. O resto é consequência. Tomamos um baque antes do início, com a marcação da semi do Estadual sub-19 para 20h, contra o Botafogo, na casa deles. No dia seguinte, entraremos em quadra 10h45 contra o Pinheiros, apontado como forte. Enfim, vamos trabalhar com isso. Não adianta lamentar e procurar desculpas depois. Respeitamos eles, porém, só a vitória interessa. Estou confiante em começar de forma positiva."


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget