Flamengo x Fluminense vira jogo de risco

São muitas as preocupações nas Laranjeiras, mas de natureza bem diferente das que atormentam o Rubro-negro.

Juan e Henrique Dourado em Flamengo x Fluminense - Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images
UOL: Com a palavra "título" riscada do dicionário da dupla Fla-Flu no Campeonato Brasileiro, o clássico desta quinta-feira (12), às 17h (de Brasília), no Maracanã, pode enganar o torcedor que se deixa levar apenas pelas aparências.

Muito distante do líder Corinthians, o Flamengo enxerga no confronto uma possibilidade de voltar a se aproximar do G-4 e, sobretudo, ganhar um fôlego para as quartas de final da Copa Sul-Americana, justamente contra o Tricolor, nos dias 25 de outubro e 1º de novembro.

Somado a isso, os rubro-negros têm a chance de empurrar os rivais para o abismo. Dependendo da combinação de resultados da rodada, o Fluminense pode terminar o feriado em situação que não permitirá nenhum sossego para Abel Braga e seus comandados, que praticamente terão de dedicar todas as suas forças para a luta contra o rebaixamento.

Ciente da importância de um clássico que aparentemente não significa maiores desafios, o técnico Reinaldo Rueda, que participa de seu primeiro Fla-Flu, sabe o que representaria um tropeço para o oponente desta tarde.

"O próximo jogo é sempre o mais importante no futebol. A cobrança é a mesma. Estamos em uma posição que não é a ideal e enfrentaremos um rival que historicamente faz bons clássicos. Do ponto de vista psicológico, precisamos assimilar o resultado. Será uma partida muito importante", disse o colombiano.

São muitas as preocupações nas Laranjeiras, mas de natureza bem diferente das que atormentam o Rubro-negro. Sem vitórias há cinco rodadas no Brasileiro, o Flu não tem alternativa senão vencer o clássico. Após um desembarque tenso no retorno de Porto Alegre e reunião com líderes de organizadas, o time precisa reencontrar o rumo.

Além de poder respirar mais aliviado, o Fluminense empurraria uma boa carga de pressão para o lado de lá. Com o Fla ainda mais distante da zona de classificação à Libertadores, a responsabilidade maior pela vaga no torneio continental caberia ao milionário rival, que colecionou eliminações e levantou apenas a taça do Campeonato Carioca. Como franco-atirador e em situação mais cômoda no Brasileirão, o Tricolor entraria bem mais relaxado para os dois confrontos.

"Ganhar é bom. Mexe com a confiança e o emocional. Muita gente fala que teremos três jogos com o Flamengo, mas a Sul-Americana é só em 20 dias. Agora, neste momento, é uma coisa importante para o Fluminense. Vamos sentir caso o time não vença. Nos colocamos nessa situação e precisamos encontrar a solução", comentou o técnico Abel Braga.

Se superar o Rubro-negro, o Fluminense não apenas ameniza o ambiente como também consegue vencer o seu mais tradicional adversário no ano. Ainda que tenha conquistado a Taça Guanabara em um clássico muito disputado, o time não venceu o Flamengo no tempo normal em nenhum dos cinco duelos de 2017. Até agora foram duas derrotas e três empates.

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget