Marquinhos comanda nova vitória do Flamengo na Sul-Americana

Embalou a partir do terceiro período sob comando de Marquinhos e venceu com tranquilidade por 91 a 57.

Foto: Divulgação
GLOBO ESPORTE: Após a vitória no sufoco na estreia da Liga Sul-Americana, o Flamengo passeou nesta quarta-feira na segunda rodada da primeira fase do torneio, na cidade de Quibdo, na Colômbia. Diante dos uruguaios do Hebraica y Macabi, o Rubro-Negro teve algum trabalho nos dois primeiros quartos, mas embalou a partir do terceiro período sob comando de Marquinhos e venceu com tranquilidade por 91 a 57.

Com o resultado, o Flamengo fica bem perto da classificação para a segunda fase, que pode sair ainda nesta quarta caso o time da casa, Cimarrones, derrote o San Martín, da Argentina, no jogo que fecha a rodada. Se houver uma vitória dos argentinos, as duas vagas do grupo serão decididas nesta quinta, quando o Rubro-Negro fecha a participação justamente contra o Cimarrones, a partir das 22h (de Brasília), com transmissão do SporTV 3. Mais um triunfo garante o Flamengo. Em caso de derrota, fica aberta a possibilidade de um empate triplo, com a decisão sendo feita no saldo de pontos.

Com 18 pontos anotados - 10 deles no terceiro período -, Marquinhos foi o cestinha da partida. Outro que teve boa atuação foi Olivinha, que ficou perto de um duplo-duplo com 15 pontos e 9 rebotes. O venezuelano David Cubillán, que não foi muito bem na partida de terça, apareceu nesta quarta com 14 pontos, seguido de Ronald Ramon, que terminou com 11. No lado do Macabi, destaque para o americano Eric Williams, com 11 pontos.

- Jogo foi bom, conseguimos uma excelente vitória e demos um grande passo rumo a classificação. Entramos bastante concentrados, conseguimos colocar um ritmo muito forte e a equipe deles não conseguiu nos acompanhar e vencemos com uma boa vantagem. Agora é focar na partida de amanhã para voltarmos com a vaga na próxima fase na nossa mala - afirmou Olivinha ao fim da partida.

O jogo

Com JP Batista bem no garrafão e Marquinhos infiltrando com eficiência, o Flamengo largou na frente do time uruguaio. Porém, a defesa rubro-negra não conseguiu apresentar respostas ao veterano armador uruguaio Leandro Garcia Morales, que manteve o placar equilibrado e até colocou o Macabi na frente no fim do primeiro quarto. Foi quando as bolas de longa distância de Ronald Ramon começaram a cair e ajudaram o Fla a terminar o período na frente: 22 a 20.

O Flamengo continuou na frente no início do segundo quarto e chegou a abrir sete de frente. Mas o ataque deixou de produzir por alguns minutos e, com seguidas falhas de marcação, o rubro-negro permitiu que o Macabi retomasse a liderança no placar (27 a 28). O sempre vibrante Olivinha começou a aparecer bem no garrafão e acordou o time do Fla, que retomou a frente e arrancou com bolas de três de Marcelinho e Cubillan para ir ao intervalo vencendo por boa vantagem: 42 a 33.

Marquinhos voltou quente dos vestiários e o Flamengo foi abrindo frente (54 a 38). Conforme a diferença foi aumentando, o time uruguaio também começou a fazer algumas faltas mais duras. Quem não gostou nada foi o americano MJ Rhett, que teve que ser segurado pelos companheiros após sofrer pancada forte no garrafão. O time rubro-negro não se deixou envolver pela catimba uruguaia e continuou abrindo e fechou o terceiro quarto vencendo por 73 a 44.

No último período, o técnico José Neto poupou alguns titulares, como Marquinhos, mas ainda assim, o Flamengo continuou dominante. Olivinha e Cubillan mantiveram o ritmo ofensivo e o Rubro-Negro apenas deixou o relógio correr para vencer por 91 a 57.

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget