Primeira Liga sugere torneio sub-23 para 2018

A dificuldade de encaixe de datas e a falta de consenso sobre o formato são os principais entraves para 2018.

Lucas Paquetá, Felipe Vizeu e Ronaldo no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
BLOG DI LETRA: Mesmo com quase R$ 50 milhões da TV assegurados para os próximos dois anos, o clima nos bastidores da Primeira Liga é de incerteza. Atendendo a pedido do vice Francisco Battistotti, o presidente Gilvan de Pinho Tavares – ambos têm mandato na entidade até o fim do ano – deve convocar reunião para discutir o assunto em novembro. Fora do calendário oficial, o torneio cuja segunda edição foi encerrada há duas semanas tem cada vez mais dividido opiniões. A dificuldade de encaixe de datas e a falta de consenso sobre o formato são os principais entraves para 2018.

Conforme o Blog Toque Di Letra revelou em maio, pelo menos três cenários foram levantados por filiados nos últimos meses: disputa na pré-temporada com jogos de 45 minutos, baseada em modelo italiano; de junho a julho, aproveitando a pausa para a Copa do Mundo; e até transformação em competição sub-23. A primeira proposta está praticamente descartada após a divulgação do calendário de 2018 com redução do período de pré-temporada de 25 para 14 dias e estaduais com início antecipado de 29 para 17 de janeiro, mas mantendo até 18 datas.

A segunda segue em pauta e, caso seja viabilizada, pode se transformar em alternativa para a grade da TV.

“Nossa opção seria durante a Copa, até porque os horários dos jogos na Rússia (manhã e tarde no Brasil) são completamente diferentes do futebol daqui”, destaca o executivo de futebol do Londrina, Ocimar Bolicenho, um dos apoiadores. Entre os filiados que disputam vaga na Libertadores de 2018, no entanto, a disputa de um torneio no raro período de folga – não haverá paralisação em nenhuma das dez datas Fifa, por exemplo – está longe de ser unanimidade.

Molde sub-23 ganha apoiadores

Nem mesmo Romildo Bolzan, presidente do Grêmio e inicialmente um dos maiores entusiastas da Primeira Liga, confirma presença. 

“Vamos avaliar a situação, ver o que vai acontecer conosco. Se tivermos um ano de muitos campeonatos, talvez o Grêmio abra mão de participar”, revela, retomando uma alternativa que desde o primeiro semestre é bem vista por clubes como Cruzeiro e Atlético. 

“Um torneio de formação, joga com o sub-23”, sugere. Os mineiros e o tricolor gaúcho, por sinal, disputarão o Campeonato Brasileiro de aspirantes, com foco sub-23, a partir de domingo.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget