Saiba porque o Atlético-MG torce por títulos de Flamengo e Grêmio

As coisas facilitam demais, pois o Galo passará a brigar com equipes que têm uma pontuação mais parelha.

HOJE EM DIA: Dois times que estão à frente do Atlético na classificação da Série A do Campeonato Brasileiro entram em campo está noite pela reta final das Copas Libertadores (Grêmio) e Sul-Americana (Flamengo). E para o time do técnico Oswaldo de Oliveira, a taça erguida por eles quase triplicaria as chances do Galo de garantir vaga na principal competição continental de clubes do ano que vem.

Segundo o matemático Gilcione Nonato da Costa, da UFMG, o Atlético, que tem cerca de 13% de chances de ir à Libertadores em 2018 com um G-7, beiraria os 40%.

“O Flamengo e principalmente o Grêmio estão bem à frente do Atlético na classificação do Brasileirão. Se eles se garantem na Libertadores do ano que vem por outros torneios, as coisas facilitam demais, pois o Galo passará a brigar com equipes que têm uma pontuação mais parelha”, analisa Gilcione.

Portanto, o torcedor atleticano precisa deixar a rivalidade de lado e aumentar as torcidas gremista e flamenguista na reta final das Copas Libertadores e Sul-Americana.

A caminhada gremista para a taça é menor. O clube do técnico Renato Gaúcho já está nas semifinais da Copa Libertadores e disputa a partida de ida hoje, às 21h45, no Estádio Monumental, em Guaiaquil, contra o Barcelona.

Depois de sofrer com desfalques, a tendência é que o técnico Renato Gaúcho tenha um time reforçado na noite de hoje.

O volante Michel, que passou por uma cirurgia no joelho esquerdo, está recuperado e deve ser titular, assim como o meia-atacante Luan, que esteve afastado do time por mais de um mês, mas está totalmente recuperado de uma lesão muscular.

O Grêmio deve entrar em campk hoje com: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Fernandinho; Lucas Barrios.


O Flamengo ainda está nas quartas de final da Copa Sul-Americana. E faz o jogo de ida hoje no principal confronto da fase, pois será contra o rival Fluminense, às 21h45, no Maracanã.

O técnico colombiano Reinaldo Rueda revelou na sua entrevista coletiva de ontem que não poderá contar com o centroavante peruano Guerrero no clássico desta noite.

O jogador sentiu uma lesão muscular na coxa esquerda há menos de dez dias, não participou da derrota de 2 a 0 para o São Paulo, no domingo passado, e não tem ainda condições de jogo.

Já o Fluminense terá seu centroavante. Henrique Dourado, artilheiro do Campeonato Brasileiro com 16 gols, não participou da derrota de 2 a 0 para a Chapecoense, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro, porque exames apontaram risco de lesão muscular.

Preservado, Henrique Dourado garante estar agora 100% para tentar ajudar o Fluminense a quebrar a escrita de ainda não ter vencido o Flamengo em 2017.

A torcida atleticana, pensando no aumento de vagas para a Libertadores do ano que vem, via Campeonato Brasileiro, é para que isso não aconteça.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget