Zico critica Flamengo por barrar convocação de Vinicius Júnior

Ele já admitiu em diversas oportunidades que uma das maiores frustrações de sua carreira foi ter ficado fora da lista de convocados.

Vinicius Júnior, do Flamengo, se lamentando - Foto: Pedro Vilela/Getty Images
R7: A identificação de Zico com o Flamengo é enorme, mas na última semana sofreu um abalo. O eterno camisa 10 da Gávea não gostou da postura do clube em relação a Vinicius Junior. O jovem é o principal jogador da seleção brasileira sub-17 e não foi liberado para disputar a Copa do Mundo da categoria, na Índia, a partir deste sábado (7).

O atleta deveria se juntar ao time verde-amarelo após a Copa do Brasil, porém ficou no País para a reta final do Campeonato Brasileiro. A decisão partiu da diretoria do Flamengo e foi severamente criticada pelo maior ídolo da história do clube, em entrevista ao R7.

"Sou completamente contra o que fizeram com o garoto. Tirar o direito de um menino de 17 anos de disputar um Mundial da sua categoria?! Isso não se faz! Ele deveria ter ido para a seleção. Não admito isso e achei lamentável a atitude do Flamengo", criticou Zico, um dos convidados do Programa do Porchat nesta semana.

O ídolo do Flamengo e da seleção brasileira já admitiu em diversas oportunidades que uma das maiores frustrações de sua carreira foi ter ficado fora da lista de convocados da seleção sub-23 para os Jogos Olímpicos de Munique, na Alemanha, em 1972. Um ano antes, Zico, então com 18 anos, havia marcado o gol que deu a vitória sobre a Argentina e classificou o Brasil para o torneio. Na ocasião, a tristeza do Galinho foi tamanha que fez com que o craque pensasse em abandonar a carreira.

"Na idade dele, o Vinicius Junior é um dos maiores do mundo, senão o maior. É como o Mbappé, agora no PSG, ou como era o Neymar aos 17 anos. Não sabemos se ele vai corresponder a toda essa expectativa no profissional, mas deveria ter ido para o Mundial. É muito importante para um jovem jogador", completou.

Flamengo 2017

Foram feitas muitas contratações, troca de treinador no meio da temporada, alguns jogadores que custaram caro não corresponderam, outros tiveram problemas. Sem falar do número de jogos. Você não pode participar em um ano de seis competições. Tem que acabar com isso. É um desrespeito ao futebol brasileiro um clube jogar com o time reserva no principal campeonato do País. Não pode! Temos Campeonato Estadual, Primeira Liga, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Copa Sul-Americana, Libertadores... Quem aguenta? Acho que se participa de Libertadores não pode participar da Sul-Americana. Ou então, como são grupos de quatro nas competições continentais, só o terceiro entra, como é na Europa, com Champions League e Liga Europa. Temos que ser humildes e copiar as coisas que dão certo. Um time como o Flamengo não pode jogar dez partidas com time reserva e ter 1.200 torcedores na arquibancada. Não dá para aceitar isso. Os grandes clubes do mundo, que investem fortunas, não jogam mais partidas desse jeito. E nós aqui continuamos dessa forma.

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget