"Campanha do Flamengo fora de casa é pífia", diz Rodrigo Caetano

Rodrigo Caetano também falou sobre os questionamentos nos bastidores e rechaçou que o elenco do Flamengo não sofra cobranças.

UOL: Coube ao diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano dar explicações sobre o péssimo momento do Flamengo nesta sexta-feira (17). O dirigente concedeu entrevista coletiva e deixou claro que ainda tem a esperança de que o Rubro-negro dê a volta por cima no pouco o que resta da temporada. Por outro lado, admitiu que o resumo está aquém do que era esperado em 2017.

A campanha fora de casa, inclusive, foi citada por Caetano. Com apenas 31,4% de aproveitamento, o Rubro-negro soma nove derrotas, cinco empates e apenas quatro vitórias longe do Rio de Janeiro, o que o coloca como um dos piores times visitantes do Brasileirão.

Foto: Gilvan de Souza
"Ninguém aqui está minimamente confortável com essa situação. A nossa campanha fora de casa é pífia. Temos a esperança de que voltaremos a jogar bem. Serão três jogos seguidos em casa para tentarmos uma recuperação. Estamos frustrados e indignados, mas temos a certeza de que a torcida vai nos apoiar como sempre fez. Os números mostram que isso pode fazer a diferença", afirmou.

Rodrigo Caetano também falou sobre os questionamentos nos bastidores e rechaçou que o elenco do Flamengo não sofra cobranças pela campanha que soma decepções e frustrações.

"Não esperem show para fora. Que faço, aconteço. Não acredito em sucesso desse jeito. A cobrança sempre existiu aqui no Flamengo. Também não identificamos desinteresse dos jogadores. Todos estão chateados pelo momento delicado que vivemos", comentou.

"A avaliação mais simplista possível é em cima dos resultados. É assim desde que inventaram a roda. Não tive nenhuma conversa nesse sentido [sobre demissão] com as pessoas que trabalham aqui. Tenho 15 anos de profissão e sempre cumpri os meus contratos. Não penso nisso. A minha preocupação é a de que o Flamengo retome os trilhos. Não estou preocupado com a minha vida profissional no momento. O meu desejo não é agradar grupos, mas agradar ao Flamengo", encerrou.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget