Diego Alves é o único do Flamengo a se 'salvar' de derrota

Não precisou trabalhar muito, mas foi seguro em todas as vezes em que foi exigido. Não teve culpa no gol do Coritiba.

LANCE: Mais uma vez, longe de casa, o Flamengo teve uam noite péssima e foi alvo fácil para o Coritiba, no Couto Pereira. Cléber Reis foi o autor da vitória por 1 a 0, que faz o paranaenses respirarem e coloca o Rubro-Negro em sinal de alerta, na briga pela vaga na Copa Libertadores do ano que vem. Diego Alves foi o melhor do Fla. Veja as notas abaixo:

Reinaldo Reginato / Fotoarena

CORITIBA
​6,5
Wilson
Fez uma grande defesa em chute de Paquetá e garantiu a vitória

5,0
Léo
Ficou mais preso à marcação e pouco conseguiu apoiar o ataque

6,0
Werley
Foi seguro atrás e fez bons desarmes e bem nas jogadas aéreas

7,0
Cléber Reis
Subiu bem de cabeça para fazer o gol da vitória do Coxa

6,5
Thiago Carleto
Foi bem atrás e ainda deu assistência para o gol

6,0
Jonas
Cumpriu bem seu papel na marcação e deu pouco espaço no meio

6,5
Alan Santos
Marcou bem e fez um desarme providencial em Diego na área

5,5
Dodô
Foi bem taticamente, mas poderia ter criado mais

6,0
Tiago Real
Apareceu para criar e tentou segurar a bola no segundo tempo

5,5
Rildo
Muita correria, mas pouco produziu no ataque. Ajudou na marcação

5,0
Henrique Almeida
Não fez uma boa partida e acabou substituído

5,5
Kleber
Entrou no segundo tempo e teve uma atuação regular

4,5
Matheus Galdezani
Entrou para fechar mais o meio e segurar o jogo

4,5
Getterson
Entrou já perto do fim e teve pouco tempo para produzir em campo

6,5
Marcelo Oliveira
Seu time abriu o placar e depois soube segurar o Flamengo

FLAMENGO

​6,5
Diego Alves
Não precisou trabalhar muito, mas foi seguro em todas as vezes em que foi exigido. Não teve culpa no gol do Coritiba.

5,0
Pará
Fez o seu papel na marcação, mas deixou alguns espaços. procurou apoiar o ataque, mas não foi muito efetivo quando foi à frente.

5,0
Rhodolfo
Inseguro na partida. Recuou duas bolas perigosas para Diego Alves e quase entrega o ouro em uma delas.

5,5
Juan
Vacilou na marcação no lance do gol e ainda teve o azar de a bola desviar nele. Porém, depois fez bons desarmes e cortes na partida.

5,0
Renê
Se perdeu um pouco na marcação e deixou espaços na suas costas. Foi pouco ao ataque apoiar.

5,0
Márcio Araújo
Se limitou ao seu papel na marcação. Com a bola nos pés deixou a desejar e errou alguns passes. Acabou substituído.

5,5
Cuéllar
Fez bem sua função marcando, ainda mais depois da saída de Márcio Araújo. Procurou dar qualidade na saída de bola e chegar na frente

5,5
Diego
Não se escondeu do jogo, principalmente na saída de bola. No entanto, deixou a desejar e pouco ajudou na criação do Flamengo na partida

5,5
Everton Ribeiro
Foi um dos que mais tentou alguma coisa desde o começo do jogo. Porém, também não estava em uma noite muito inspirada.

4,5
Everton
Atuou só por 25 minutos e não teve tempo de fazer muita coisa. Quase teve uma boa chance, mas a zaga cortou. Acabou saindo machucado.

5,5
Lucas Paquetá
Começou bem o jogo, fazendo uma boa jogada pela ponta. Mas depois foi caindo de produção. Cobrou falta perigosa no segundo tempo.

5,0
Felipe Vizeu
Isolado entre os zagueiros, foi pouco acionado pelos seus companheiros e pouco produziu durante a partida.

5,5
Vinicius Junior
Deu mais mobilidade ao ataque do Flamengo. Tentou algumas jogadas individuais, mas foi pouco efetivo na partida.

4,5
Geuvânio
Entrou para tentar dar mais mobilidade ao ataque. No entanto, foi outro que pouco contribuiu no jogo.

5,0
Reinaldo Rueda
Seu time teve o controle do jogo, mas não transformou isso em chances de gol. Mexeu para melhorar o ataque, mas não teve efeito.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget