Eduardo Baptista critica vaidade no Flamengo e fala em 'ganhar tudo'

Bap criticou as vaidades e egocentrismo no Flamengo, cobrando maior responsabilidade da diretoria quando o assunto é contratação de atletas.

Diante dos maus resultados apresentados pelo Futebol do Flamengo com a atual gestão, a movimentação da Oposição vem sendo inevitável. E com isso, nomes de ex-integrantes da Chapa Azul passam a ser cogitados como eventuais candidatos à Presidência para o triênio 2019/2020/2021.

Desde então, o nome que surgiu com mais força é o de Rodolfo Landim, vice-Presidente da Chapa de Wallim Vasconcellos em 2012, mas que acabou sendo substituído por Eduardo Bandeira de Mello por questões relacionadas ao Estatuto do Clube. No entanto, o mais pedido por torcedores do Flamengo chama-se Luiz Eduardo Baptista, o “Bap”.


Luiz Eduardo Baptista, o Bap, no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza


E apesar de ter deixado o cargo de vice-Presidente de Marketing do Flamengo em fevereiro de 2015, Bap deixou em aberto a possibilidade de voltar ao Clube como Presidente. No entanto, mais do que assumir o principal cargo do Clube, Bap destacou a importância de um grupo para recolocar time no caminho das vitórias.

- A única coisa definitiva na vida é a morte. Então, tudo é possível (ser Presidente). Mas o que eu acho importante que o torcedor precisa entender, é que aquilo ali dentro (do Clube) é uma fábrica de loucos porque há paixão pra cacete e relativamente pouca razão. É muito difícil você tocar um negócio daqueles com a razão que demanda, com a paixão que nos une. É muito importante que haja um grupo unido, um grupo competente. Não existe espaço num Clube como o Flamengo pra omissis. É um equívoco das pessoas pensar assim, por mais que eu me sinta lisonjeado em dizerem que “ah, você é o nome, só você pode dar jeito”. Meus queridos, isso não é verdade. Um Bap, um João, um Landim, um Tostes, sozinhos, não vão fazer aquilo mudar. Isso é o que todos têm que entender, não é o esforço de uma pessoa só. Com este conceito maniqueísta, presunçoso de que uma pessoa vai dar gente naquilo ali, não vai dar. Porque você tem tentações, tem paixões... O Flamengo me tira do sério de uma maneira que eu tenho certeza que eu sozinho não seria capaz, não teria a tranquilidade necessária pra comandar uma série de coisas no dia-a-dia. A minha paixão é tamanha que eu tenho certeza que me equivocaria, como outros que já tiveram lá e disseram a mesma coisa. Este é um trabalho pra um grupo de pessoas onde um vai ajudar o outro quando ele errar, onde não tem que ter uma pessoa como a dona da verdade ou que tenha o seu ego acima dos interesses do Flamengo, disse em participação na Rádio Flamengo.

LEIA TAMBÉM:
Bap justifica fim do patrocínio da Sky ao Flamengo: "Gestão perdedora"
Bap nega ser elitista e revela papo franco com elenco do Flamengo
Bap dá receita para o Flamengo tornar a Ilha do Urubu num 'alçapão'

Luiz Eduardo Baptista foi mais afundo e destacou que a finalidade tem que ser o bem do Flamengo, longe de qualquer tipo de prepotência ou egocentrismo por parte de seus gestores, cobrando maior responsabilidade quando o assunto é contratação de atletas.

- O Flamengo é maior que todos nós, a gente está aqui de passagem. O Flamengo vai continuar daqui a 200, 300 anos. Então, a eleição é um momento na história do Clube em que nós temos que discutir ideias pro Flamengo. Grupos de pessoas que queiram se juntar pra defender estas ideias, inclusive quando as tentações aparecerem, porque elas aparecem. O ego de um, a vontade de aparecer, de querer resolver o problema da maneira mais simples quando o dinheiro não é teu, mas é do Clube... A gente vê muitas vezes contratarem jogador que não vão se pagar ou de péssima relação custo/benefício. Se o dinheiro fosse de cada um de nós jamais teríamos feito este tipo de maluquice. Então, é importante que haja um grupo em que um equilibre o outro. Isso é muito mais importante do que um nome.

No entanto, ele frisou que o Flamengo este não é o momento ideal para vivenciar questões políticas, e sim de tomar novos rumos ainda a partir da atual diretoria, cobrando mais humildade dos seus regentes.

- Hoje, de verdade, acho que o Flamengo não está em processo eleitoral. Vamos deixar esta discussão lá pra frente porque nós temos que torcer por quem está lá hoje, acordar, porque ainda dá tempo da gente mudar. Que, pelo amor de Deus, eles percebam aonde estão errando e que escutem quem tem condições de contribuir. Não tem nada de errado em você reconhecer os teus equívocos e mudar, até porque na vida não podemos ter compromisso com os erros. É muito importante entenderem que as críticas que fazem ao Flamengo é porque quem quer que dê certo.

Por fim, Bap pregou a necessidade de uma mentalidade vencedora vindo a partir da diretoria para que o Flamengo volte a conquistar tudo.

- Eu quero ganhar tudo, porr*! Eu quero ganhar no Remo, no Basquete, no Futebol. Eu quero ganhar Primeira Liga, Sul-Americana, Carioca, Brasileiro... Eu sou grandinho e sei que não vamos conseguir ganhar tudo, mas este tem que ser o espírito, é pra isso que você tem que pensar, se posicionar, planejar, contratar os profissionais. O Flamengo não pode pensar que é muito bom se classificar pra Libertadores. Com o elenco e o dinheiro que tem, a meta tem que ser ganhar um título nacional importante todo ano, Libertadores tem que ser obrigação... Se o Flamengo fosse um gordo, estaria fazendo um regime pra perder 1kg. Pô, se for pra fazer um regime, faça pra perder 20kg, perder 15kg! Nós temos que pensar no Flamengo grande! Queremos ganha tudo, queremos ganhar no planeta todo! Vão falar que você é louco, mas é um sonho do caralh*... Eu tenho certeza de que se a gente mirar em ser o maior Clube, o maior vencedor do planeta, vamos ganhar Brasileiro pra caralh*, Copa do Brasil pra cacete, vamos ganhar Libertadores, eventualmente ganhar Mundial de novo... Agora, eu nunca vi na minha vida sonhar baixo na vida e ter sucesso.

*Matéria de www.FlaResenha.com


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget