Flamengo busca 100% por vaga direta na Libertadores

Tudo para evitar a fase preliminar da competição continental, o que também está em risco no momento.

UOL: O Flamengo não tem mais para onde correr no Campeonato Brasileiro. Se quiser tentar uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores de 2018, o Rubro-negro precisa vencer os quatro jogos restantes na competição nacional. O primeiro deles acontece nesta quinta-feira (16), contra o Coritiba, às 21h (de Brasília), no Couto Pereira.

Buscar 100% de aproveitamento é imprescindível nas contas do departamento de futebol. A meta da diretoria é que o Flamengo alcance os 62 pontos. Tudo para evitar a fase preliminar da competição continental, o que também está em risco no momento.

Foto: Gilvan de Souza
Segundo o site Chance de Gol, o Flamengo tem 36,7% de garantir o lugar na Libertadores via Brasileirão. Só que a diretoria não abre mão de obter o passaporte direto para a fase de grupos. Caso não consiga, a alternativa é conquistar a Copa Sul-Americana. O Rubro-negro disputa as semifinais do torneio contra os colombianos do Junior Barranquilla, dias 23 e 30 de novembro.

Pelo Campeonato Brasileiro, o time ainda recebe Corinthians e Santos. O último compromisso será contra o Vitória, fora de casa. Em todos os cenários, não dá mais para errar. Qualquer resultado negativo pode comprometer os planos e complicar ainda mais uma temporada já frustrante para a torcida.

O técnico Reinaldo Rueda lamenta os desfalques constantes no Flamengo e aguarda o retorno do meia Diego da seleção brasileira. Ele será reavaliado e deve, ao menos, ficar no banco de reservas. O colombiano reconheceu o momento delicado e a necessidade de obter a vitória fora de casa.

"Perdemos seis jogadores em duas semanas. Isso não é desculpa, mas qual equipe ficou sem tantos atletas importantes? Juan, Réver, Trauco, Berrío, Guerrero, Diego... São nomes com bom nível individual. Não tivemos sorte. Quando recuperamos um, saiu outro. Muitas equipes no mundo sentem quando sai um jogador, quando saem dois vira um buraco. Quando saem seis... É muito difícil", afirmou.

"Precisamos de equilíbrio. Até montar uma relação de jogo se torna algo complicado. Abraçamos esse processo de respaldar a equipe para que melhore o comportamento. A exigência é enorme no Flamengo", completou.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget