Flamengo homenageia família de torcedor que morreu em final

Os novos planos permitem aos três assistirem todos os jogos do Fla durante um ano.

GLOBO ESPORTE: Antes do jogo entre Flamengo e Cruzeiro, o gramado da Ilha do Urubu presenciou um momento de forte emoção. A família do torcedor Anderson Duque Estrada, que faleceu a caminho da final da Copa do Brasil, em setembro, em Belo Horizonte, foi homenageada pelo clube.

Pouco antes do jogo no Mineirão, Anderson, de 37 anos, sofreu uma parada cardíaca e morreu subitamente. No reencontro das equipes, na noite desta quarta-feira, a esposa Gisele e os filhos gêmeos Miguel e Michel receberam das mãos do presidente Eduardo Bandeira de Mello carteiras de Sócio Torcedor do Flamengo.

Foto: André Durão/GloboEsporte.com
O Rubro-Negro transferiu para a viúva o plano que Anderson havia firmado com o clube, além de entregar aos filhos de 11 anos carteirinhas do plano Nação JR. Os novos planos permitem aos três assistirem todos os jogos do Fla durante um ano.

Além disso, os meninos visitaram o gramado da Ilha do Urubu e conheceram o vestiário dos jogadores. Na chegada do time, falaram rapidamente com os ídolos. A mãe, também muito emocionada, falou do legado de torcedor fanático deixado por Anderson.

- Muito emocionante saber que o Flamengo reconhece o que o Anderson era como torcedor, porque ele sempre foi. Tudo na vida dele sempre foi muita emoção. Ele levava as crianças para o jogo, desde pequenos sempre acompanhando. E esse amor vai continuar, não só pelo Flamengo, mas pelo pai dos meus filhos. Quero continuar levando eles aos jogos. Que Deus me ajude a continuar - disse Gisele.

No último jogo do Flamengo na Ilha do Urubu, contra a Bahia no dia 19 de outubro, o garoto Miguel entrou em campo ao lado do goleiro Diego Alves. Muito emocionado, o garoto chorou ao receber a camisa autografada do goleiro.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget