Flamengo investiu R$ 71 milhões a menos que Palmeiras em 2017

O Flamengo investiu menos em reforços: R$ 45 milhões em nove jogadores, mas também havia prometido muito a seu torcedor.

JORGE NICOLA: Quem esperava que o confronto entre Palmeiras e Flamengo, marcado para as 17h deste domingo, fosse decidir o título do Brasileirão sofreu uma grande decepção. Os dois elencos mais caros do futebol nacional jogam no Allianz Parque por no máximo um lugar no G4 – e, ao que parece, só há vaga para um deles entre os quatro primeiros da Série A.

Com um agravante: o Palmeiras já sabe que terminará 2017 sem qualquer título, apesar de ter investido R$ 116 milhões em reforços (veja a lista no fim da matéria). Somente Borja e Deyverson custaram mais de R$ 50 milhões. É, de longe, o clube que mais gastou em contratações para a temporada, marcada por tropeços.

Palmeiras x Flamengo - Arte: ESPN


O Verdão caiu nas semifinais do Paulistão, nas oitavas de final da Libertadores e nas quartas de final da Copa do Brasil. Já no Brasileirão, teve a chance de diminuir para dois pontos a vantagem em relação ao Corinthians, mas perdeu o clássico da semana passada – foram três derrotas em três dérbis no ano – e está completamente fora da  disputa pelo título.

O Flamengo investiu menos em reforços: R$ 45 milhões em nove jogadores, mas também havia prometido muito a seu torcedor. O time escalado com Éverton Ribeiro, Diego e Conca municiando Guerrero nunca saiu do papel. Pior: existe o risco de o gigante carioca terminar 2017 apenas com a taça do Campeonato Carioca, que não mata a fome de quase nenhum torcedor rubro-negro.

Na Libertadores, o Fla caiu ainda na fase de grupos, em um dos maiores vexames da temporada. O time também foi vice-campeão da Copa do Brasil, caiu nas quartas de final da Primeira Liga e está na semifinal da Sul-Americana – enfrenta o Junior Barranquilla, da Colômbia.

A classificação de Palmeiras e Flamengo no Brasileirão é decepcionante. O virtual campeão Corinthians gastou pouco mais de R$ 10 milhões com seus reforços no ano. Mesmo com um investimento mínimo na comparação com alviverdes e rubro-negros, o Timão tem 14 pontos de vantagem para o Palmeiras (quarto colocado no geral) e 18 para o Flamengo (sétimo). Com o duelo no Allianz Parque, os rivais vão se igualar aos 34 jogos do Corinthians.

Apesar de entenderem que não há motivos para tanta cobrança, os atletas de Palmeiras e Flamengo também são os mais bem pagos do Brasil. Incluindo salários, direitos de imagem e luvas, as folhas de Maurício Galiotte e Eduardo Bandeira de Mello superam com folga os R$ 14 milhões por mês.

QUANTO CUSTARAM AS CONTRATAÇÕES DA DUPLA:

PALMEIRAS: R$ 116,1 milhões (15 reforços)
– Borja: R$ 32,8 milhões (comprado Atlético Nacional-COL)
– Deyverson: R$ 18 milhões (Leganés-ESP)
– Bruno Henrique: R$ 13 milhões (Palermo-ITA)
– Juninho: R$ 10 milhões (Coritiba)
– Luan: R$ 10 milhões (Vasco)
– Guerra: R$ 9,7 milhões (Atlético Nacional-COL)
– Hyoran: R$ 7,4 milhões (Chapecoense)
– Fabiano: R$ 7,2 milhões (Cruzeiro)
– Raphael Veiga: R$ 5,3 milhões (Coritiba)
– Keno: R$ 2,7 milhões (São José-RS)
– Mayke: R$ 0 (trocado por empréstimo por Rafael Marques)
– Felipe Melo: R$ 0 (rescindiu com a Inter de Milão-ITA)
– Michel Bastos: R$ 0 (rescindiu com o São Paulo)
– Willian Bigode: R$ 0 (trocado por Robinho)
– Antônio Carlos: R$ 0 (emprestado pelo Tombense)

FLAMENGO: R$ 45,1 milhões (9 reforços)
– Éverton Ribeiro: R$ 22,9 milhões (comprado do Al-Ahli-EAU)
– Berrío: R$ 11 milhões (Atlético Nacional-COL)
– Rhodolfo: R$ 4 milhões (Besiktas-TUR)
– Renê: R$ 3,2 milhões (Sport)
– Diego Alves: R$ 1,5 milhão (Valencia-ESP)
– Geuvânio: R$ 1,5 milhão (Tianjin Quanjian-CHN)
– Rômulo: R$ 1 milhão (comprado do Spartak Moscou-RUS)
– Conca: R$ 0 (emprestado pelo Shanghai Sipg-CHN)
– Trauco: R$ 0 (fim do contrato com o Universitario-PER)

ATÉ ONDE CHEGARAM EM 2017:

PALMEIRAS
– Paulistão (semifinal) – eliminado pela Ponte Preta
– Libertadores (oitavas de final) – Barcelona-EQU
– Copa do Brasil (quartas de final) – Cruzeiro
– Brasileirão* (4º colocado) – 14 pontos atrás do Corinthians

FLAMENGO
– Carioca (campeão) – venceu o Fluminense
– Libertadores (fase de grupos)
– Copa do Brasil (vice-campeão) – Cruzeiro
– Primeira Liga (quartas de final) – Paraná
– Sul-Americana* (semifinal) – Junior Barranquilla-COL
– Brasileirão* (7º colocado) – 18 pontos atrás do Corinthians

* torneios ainda em andamento


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget