"Flamengo não pode se contentar em ir pra Libertadores", diz Diego Alves

Diego Alves disse que o Flamengo tem que entrar sempre com o pensamento de ser campeão nas partidas e campeonatos.

EXTRA GLOBO: O goleiro Diego Alves assumiu de vez a liderança do time do Flamengo, e descartou qualquer discurso acomodado na reta final da temporada. Em entrevista coletiva nesta terã-feira, ignorou a braçadeira de capitão, mas falou grosso sobre as pretensões do clube no ano. Na possibilidade de protestos no Centro de Treinamento, disse que o Flamengo é grande e tem dias de pressão e dias de alegria.

- O torcedor tem que pensar alto sim, nós queremos também, nenhum jogador tem que pensar pequeno. Tem que pensar que tem pressão, que tem protesto, mas pode ter dias de alegria como no jogo com o Fluminense, dia que todos foram felizes para casa. Tem que ter responsabilidade com camisa que veste, saber da grandeza do clube, da maneira que o Flamengo mexe com todos - afirmou o goleiro.

Foto: Gilvan de Souza
Diego Alves disse que o Flamengo tem que entrar sempre com o pensamento de ser campeão nas partidas e campeonatos. Mas que agora o caminho é pensar na Libertadores através do G-4 ou do G-7.

- O jogador do Flamengo não pode se contentar em ir pra Libertadores. Ficou difícil com as situações da temporada. E não sendo campeão o caminho é ir pelo G-4. O Cruzeiro conseguiu ser campeão da Copa do Brasil e abriu mais uma vaga para os cinco primeiros colocados. A gente sabe que está sendo complicado, até porque os times que estão embaixo tiveram oportunidade de passar a gente e não conseguiram - emendou o camisa 1, confessando que o Flamengo perdeu chances de ter um fim de ano mais tranquilo. Agora, restam quatro jogos e são necessárias quatro vitórias para garantir a classificação direta.

- Acho que perdemos algumas oportunidades que seriam importantes para alcançar esse G-4 e ter a entrada na Libertadores diretamente. Os times que tiveram oportunidade de tirar mais pontos da gente não conseguiram A gente vai fazer de tudo para entrar no G-4 por mais que pareça bem difícil. Mas não é impossível. Se não puder ser no G-4, será de outra maneira - disse o goleiro.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget