Gesto de Vizeu pode render multa de patrocinador ao Flamengo

Os contratos de patrocínio incluem cláusulas que objetivam resguardar a imagem da empresa, aplicáveis aos casos onde há comprovada infração.

CORREIO BRAZILIENSE: O gesto obsceno do centroavante Felipe Vizeu para o zagueiro Rhodolfo na comemoração do terceiro gol do Flamengo na vitória por 3 x 0 sobre o Corinthians, no último domingo, pela 36ª rodada do Brasileirão, pode levar a Caixa Econômica Federal a acionar cláusulas do contrato de patrocínio com o clube carioca alegando o mau uso da marca. Executivos da empresa estatal estão insatisfeitos com a repercussão do lance na mídia nacional, internacional e nas redes sociais.

Questionada formalmente pelo blog sobre o posicionamento da empresa diante da imagem em que Felipe Vizeu exibe o dedo médio para Rhodolfo no momento de maior exposição de sua marca, a estatal respondeu por meio de sua assessoria de imprensa: 


Felipe Vizeu fazendo gesto obsceno após gol do Flamengo - Foto: André Mourão
“A Caixa informa que os contratos de patrocínio incluem cláusulas que objetivam resguardar a imagem da empresa, aplicáveis aos casos onde há comprovada infração”.

O acordo da Caixa com o Flamengo é de R$ 25 milhões dividido em 12 parcelas mensais de R$ 2.083.333,33. Além disso, há possibilidade de bônus de até R$ 5 milhões referente a conquistas de títulos. Uma das contrapartidas dos clubes parceiros do banco está explícito no Parágrafo Quarto do documento: 

“A contratada (neste caso específico o Clube de Regatas do Flamengo) deverá zelar pela visibilidade da marca Caixa nos uniformes, em toda e qualquer oportunidade de divulgação em mídia, garantindo que os atletas em situações de vitória, conquista de títulos e comemoração de gols não impeçam a exposição da marca, sob pena de multa compensatória e rescisão contratual”.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget