Guerrero, do Flamengo, é recebido por multidão no Peru

Com gritos de "força", todos procuraram demonstrar a confiança deles na inocência do atacante do Flamengo.

ESTADÃO: O atacante Paolo Guerrero foi recebido com festa por torcedores peruanos em sua chegada à Lima, neste domingo, após a revelação de uma suspeita de doping do jogador por uso de substância chamada benzoilecgonina (um metabólito de cocaína) em uma partida da seleção nacional contra a Argentina - empate por 0 a 0, no dia 5 de outubro, em Buenos Aires -, pela 17.ª (penúltima) rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Foto: Divulgação
A concentração foi organizada por redes sociais e levou pessoas ao Aeroporto Internacional Jorge Chávez com bandeiras e camisas da seleção de futebol do Peru. Com gritos de "força", todos procuraram demonstrar a confiança deles na inocência do atacante do Flamengo, que saiu por uma área restrita do terminal para evitar jornalistas que também aguardavam pela sua chegada.

Guerrero desembarcou em seu país para se encontrar com dirigentes da Federação Peruana de Futebol e tratar do "resultado analítico adverso" para o composto estimulante. O jogador, afastado preventivamente por 30 dias pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), tem o direito de pedir um segundo exame para comprovar ou afastar a possibilidade de doping.

Em entrevista à rádio Nacional, do Peru, no último sábado, o pai do atleta, José Guerrero, sugeriu que a substância pode ter aparecido em medicamentos utilizados por Paolo para o tratamento de uma gripe, contraída dias antes do confronto com a seleção da Argentina.

Entretanto, um dia antes, o médico da seleção peruana, Julio Segura, havia descartado que a medicação ingerida pelo atacante pudesse causar o resultado adverso na primeira análise do controle antidopagem da Conmebol.

Em caso de confirmação do doping, Paolo Guerrero, capitão e líder do selecionado peruano, deverá receber uma sanção cuja gravidade dependerá do tipo de substância utilizada, a quantidade detectada e a possível vantagem esportiva que o atleta poderia ter pela ingestão do material.

Os jogadores do Peru estão concentrados para os jogos contra a Nova Zelândia, válidos pela repescagem para o Mundial da Rússia. Os jogos estão marcados para os dias 11 e 15 de novembro. A primeira partida será disputada em Wellington e a segunda na capital peruana.

"Todos sabem da situação de agora (doping). Vamos tratar de dar a classificação a ele (Guerrero) e a todos os peruanos. Guerrero conta com o apoio de todos nós, porque ganhou o nosso respeito", declarou o meio-campista Paolo Hurtado, integrante da seleção peruana, sobre o apoio dos demais companheiros de time ao atacante.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget