Irmão diz que Guerrero irá até o limite para limpar seu nome

Os familiares do atacante do Flamengo foram orientados pela defesa do jogador a não entrar nas questões jurídicas.

GLOBO ESPORTE: A dois dias do jogo mais importante do futebol peruano nas últimas décadas, a ausência de Paolo Guerrero ainda é sentida - mesmo que de forma silenciosa. Suspenso pela Fifa, o atacante está distante de todo esse clima. Em meio à ausência do camisa 9, quem tomou a palavra para falar em seu nome em Lima foi seu irmão mais velho.

Foto: Reprodução
Julio ''Coyote'' Rivera, de 50 anos, é o filho mais velho de dona Pepa, mãe de Guerrero. Ele também foi jogador de futebol e brigou nas eliminatórias por uma vaga em um Copa do Mundo. Apesar da tristeza que tomou sua família, ele recebeu o GloboEsporte.com na capital peruana e se emocionou a falar da punição ao irmão.

- Paolo me disse: ''Você me conhece, irmão'', algo aconteceu. Ele vai até o limite para limpar sua imagem. Aqui é um exemplo para crianças. Um exemplo para a família. Como filho, pai, irmão - disse Rivera.

Os familiares de Guerrero foram orientados pela defesa do jogador a não entrar nas questões jurídicas. A tese dos advogados aponta uma contaminação de chá de coca em um outro tipo de chá ingerido pelo atacante antes do jogo diante da Argentina, em outubro, pelas Eliminatórias da Copa.

- Está sentido. Ele se sente mal pelo assunto doping. Tem sua consciência muito limpa e muito tranquila. Está sentindo muito de não estar presente neste jogo que é histórico para um país que o ama tanto.

O Peru enfrenta a Nova Zelândia na próxima quinta-feira em Lima. Qualquer vitória garante o retorno dos peruanos à Copa do Mundo depois de 36 anos. No primeiro jogo, as duas seleções empataram por 0 a 0.

Veja a entrevista completa com o irmão de Guerrero em Lima

SUSTO PARA A FAMÍLIA

- Ainda ficamos sentidos e emocionados. Não ter meu irmão no jogo é algo que nós deixou muito triste. Paolo é peça chave na seleção, é o capitão, falava forte com os meninos. Isso ajudou muito a seleção. Vimos diante da Nova Zelândia, na semana passava, não parecia o mesmo Peru. Mas temos um jogo agora em casa e penso que Peru dará seu melhor com a ajuda na torcida para irmos ao Mundial.

PUNIÇÃO DA FIFA

- Está triste de não estar nesses jogos. Se sente impotente de não estar nesse jogo. De verdade, é certo que tem que esclarecer. Mas não perder esses jogos importantes. Mas já é decisão da Fifa e tem que respeitar. Sei que os garotos vão dar tudo pelo Peru e por Paolo.

- Tem amigos com Farfan, que é seu companheiro desde a infância, que vão dar tudo por ele. Ele não tem o mesmo perfil, mas é muito potente. São irmãos de alma. Ele também está dolorido com esse. Mas agora é a decisão se vamos ou não vamos.

CONVERSA DE GUERRERO COM GARECA E COM OS COMPANHEIROS

- Sei que conversaram. Ele tem todo apoio. Todos os seus amigos sabem quem é Paolo Guerrero. Como pessoa, como ser-humano. Um jogador que nunca precisou de nada para se beneficiar. Um profissional exemplar. Tem um dom muito bonito de jogar futebol. A única forma de se jogar bem, é estando fisicamente bem.

FOCO DA SELEÇÃO

- Temos que pensar e dar boas energias para a seleção. Estamos a dois dias do jogo. O assunto do Paolo vai se solucionar em seu momento. Agora, como peruano, estamos enviando energias positivas. Mais tarde irei até a concentração. Sempre vou antes dos jogos e trago sorte. Vou falar com um por um, falar com os meninos.

ENTENDA O CASO

Guerrero testou positivo para benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína, em exame antidoping realizado após o jogo entre Peru e Argentina, no mês passado. A partida era válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Por causa disso, a Fifa suspendeu o atleta por 30 dias preventivamente.

A defesa de Guerrero tentou interromper a punição da Fifa, mas o pedido foi recusado. Agora, o atacante continua impedido de atuar pelo Flamengo e pela seleção peruana.

Segundo a defesa, o metabólito benzoilecgonina - presente na cocaína - e encontrado na urina do centroavante do Flamengo é proveniente da folha de coca utilizada para chá consumido em diversos países da América do Sul. Os advogados apontam contaminação em um outro tipo de chá ingerido pelo jogador.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget