Justiça nega habeas corpus a vascaínos presos contra o Flamengo

A Força Jovem está suspensa das praças esportivas pelo Ministério Público desde o início de 2014.

Foto: Divulgação
UOL: O desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), negou pedido liminar a seis habeas corpus impetrados por integrantes da organizada Força Jovem do Vasco, presos no último sábado, dia 28, horas antes da partida do time cruzmaltino contra o Flamengo, no Maracanã.

Eles foram detidos em flagrantes na sede da torcida portando porretes, soco inglês, fogos de artifício e até uma faca. A Polícia Militar aponta que os envolvidos pretendiam realizar um ataque nas imediações do estádio.

No total, nove torcedores dos 69 que se encontram presos tiveram os seus pedidos de habeas corpus negados pelo magistrado, já que três foram indeferidos, anteriormente, no Plantão Judiciário. A apreciação final das decisões caberá aos desembargadores da 7ª Câmara Criminal do TJRJ, da qual Joaquim Domingos faz parte.

Formado por um total de 77 torcedores, seis deles eram menores e foram encaminhados à Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente. Já 69 torcedores tiveram prisão preventiva decretada e dois receberam liberdade provisória decretada pelo Juizado Especial do Torcedor e Grandes Eventos.

A Força Jovem está suspensa das praças esportivas pelo Ministério Público desde o início de 2014.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget