Luiz Antonio culpa empresário por processo e saída do Flamengo

Mesmo com contrato com o Flamengo até o fim do ano, o foco é na Chapecoense, e o grande objetivo permanecer na elite do futebol brasileiro.

SPORTV: Luiz Antonio ganhou sequência com a camisa da Chapecoense. Mas o volante, titular na vitória por 2 a 0 sobre o Santos, na Arena Condá, tem a carreira marcada pelo processo contra o Flamengo, em 2013. Durante a "Segunda Campeã", no "Bem, Amigos!", o volante relembrou dos momentos turbulentos para chegar ao amadurecimento em 2017.

Foto: Sirli Freitas/Chapecoense
Perguntado por Júnior, comentarista da TV Globo e ídolo rubro-negro, sobre as decisões tomadas na carreira, o jogador revelou ter confiado no empresário no momento que entrou com ação na 16ª vara do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) cobrando o pagamento de vencimentos e pedindo o fim imediato do contrato, logo após o título da Copa do Brasil de 2013.

- Naquele ano, depois da Copa do Brasil, tive uma experiência ruim. Acabei fazendo coisas, seguindo indicações. Errei em certas atitudes. Tinha tudo para ter continuado no Flamengo daquela forma, mas a gente tem empresário, confia nas pessoas e de repente não é da forma que a gente pensa. Decisões ruins, ter entrado com o processo naquele momento, tinha acabado de ser campeão da Copa do Brasil, eleito melhor jogador da final. A gente procura confiar sempre no empresário, não que sejam todos da mesma forma. Escutei o meu, naquele momento me aconselhou a fazer aquilo. Eu não me impus da forma que deveria, não tinha experiência, achava que poderia ser uma coisa muito boa para mim, mas não foi.

- Faz parte, aprendi com isso, hoje tenho 26 anos, estou com a minha família, minha esposa. Isso serviu de aprendizado. O que aconteceu não tem como esquecer, mas agora é bola para frente, hoje jogo de forma diferente, com outra cabeça. Passaram os momentos ruins, tive outros bons, serva para eu levar e seguir minha carreira. Acho que tenho talento e condições de cada vez mais evoluir no futebol - destacou o jogador.

Mesmo com contrato com o Flamengo até o fim do ano, o foco é na Chapecoense, e o grande objetivo permanecer na elite do futebol brasileiro. Para isso, o jogo contra o Santos foi encarado como uma decisão.

- A gente sabia que o jogo seria difícil. O Santos está brigando lá em cima, e a gente buscando sair lá da parte de baixo. O jogo era importante, então procuramos usar como uma final. Eles são entrosados, seria fundamental nos afastarmos da zona. Conseguimos essa vitória que foi muito importante.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget