O rally carioca por vaga na Libertadores

O Botafogo tem força coletiva. O Flamengo esbanja talento. O Vasco tem foco e estratégia.

GILMAR FERREIRA: Três vitórias construídas sob o mesmo princípio básico do futebol praticado hoje em dia.

Botafogo, Flamengo e Vasco foram times muito aplicados em seus jogos pela 33ª rodada.

Por isso, mas não só por isso, bateram Sport, Cruzeiro e Santos, respectivamente.

O Botafogo de Jair Ventura fez pressão na saída de bola dos pernambucanos e, com dois gols em 20 minutos, liquidou cedo a fatura no Recife.

Lateral Renê em Flamengo x Cruzeiro - Foto: Gilvan de Souza


Na Arena da Ilha, sem Réver, Juan, Berrío, Diego, Guerrero e Trauco, Reinaldo Rueda levou a campo um Flamengo mais jovial e anulou o time mineiro.

E em Santos, o Vasco de Zé Ricardo jogou com altivez e valentia, mesmo sem quatro titulares na defesa, e virou um jogo que não merecia perder.

Os três cariocas disputam vaga na Copa Libertadores de 2018, mas não há um que passe a seu torcedor a confiança desejada.

O Botafogo tem força coletiva.

O Flamengo esbanja talento.

O Vasco tem foco e estratégia.

Mas, com o Flamengo voltado para a conquista do título na Copa Sul-Americana, algo me diz que Botafogo e Vasco terminam no G-7.

E vocês, o que pensam?


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget