Pontos corridos: o banho frio na adrenalina

Se não dá pra esperar aquele mesmo rio de adrenalina da última quarta, vamos torcer apenas para que o Flamengo jogue bola.

BOTECO DO FLA: por Mercio Querido

Flamengo e Grêmio entram em campo no horário clássico do futebol de cinco da tarde aos domingos com um adversário maior que o time oponente no gramado. Nós com a cabeça ainda nas fortes emoções do FLA-flu da última quarta, eles com os pensamentos já nas partidas finais da Libertadores.

Vinicius Júnior e jogadores do Flamengo comemorando - Foto: Gilvan de Souza
Como andavam MUITO em falta a entrega, a garra desmedida, e até certos exageros deselegantes, itens dos quais a Nação sente muito orgulho quando aparecem, é natural que toda a frustrada eterna promessa do tal Ano Mágico use como válvula de escape e esperança de dias melhores após a Noite Mágica das quartas de final da Sul-Americana.

Ok... Claro que rola aquela pontinha de esperança de que “La Intensidad” apareça hoje em Porto Alegre, apesar de todos sabermos que é um tanto quanto improvável. Culpa dos nossos nutellinhas queridos? Não. Hoje é dia de banho-maria, dia de água morna (ou fria), dia de futebol sem necessidade de urgência. Dia de pontos corridos. Motivo maior pelo qual os holofotes de fim de temporada todo ano deixam de lado o Brasileirão e caem sobre a Copa do Brasil, a Sul-Americana e a Libertadores.

Estamos em sétimo, o que já não é bom. O pior que pode acontecer na noite de hoje é ficar em oitavo com o mesmo número de pontos do Vasco. O melhor que pode acontecer é amanhecer em quinto lugar, o que também não é grande coisa. Do lado de lá ou é terminar em terceiro ou manter a quarta posição. E tome banho de água fria em “La Intensidad”. Mas enfim... É o que tem pra hoje.

Mais uma vez sem Guerrero, ainda enfrentamos as ausências do Diego e do Juan para o confronto de hoje. Nem sei se isso foi sinalizado nos treinos da semana, mas ficamos aguardando se a solução será com Everton Ribeiro no meio e Vinícius Jr. entrando desde o início, ou experimentar o Paquetá na sua posição de origem ali na meiúca. Aqui no Boteco gostamos das duas soluções e torcemos para que alguma terceira opção maluca não brote do nada na hora que a escalação for divulgada.

Do lado de lá... Do lado de lá... A maior parte do time será titular, já que a ordem é deixar o povo em forma e com o tal ritmo de jogo até o dia 22, dia da primeira partida da Final. Marcelo Grohe, Bruno Cortez e Barrios não jogam. Dois ex estarão em campo: Paulo Victor no gol e Fernandinho no ataque. Pelo menos 50% da tal Lei do Ex não aparece pela Arena do Grêmio com certeza. Ainda bem que também tem ex-Grêmio em campo do lado de cá pra equilibrar o treco.

Se a ordem do dia é baixar e esfriar um pouco os ânimos... Aliás... Dá uma olhada na tabela do Brasileirão com olhar do antigo “classificam oito para o mata-mata”. O circo ia pegar fogo. Voltando pra realidade... Se não dá pra esperar aquele mesmo rio de adrenalina da última quarta, vamos torcer apenas para que o Flamengo jogue bola. Nas duas partidas contra o flu e no Clássico contra o Vasco rolou. Não... Antes que me acertem mais pedras nas vidraças do Boteco... Não estou falando que no jogo contra o Vasco o time jogou bem. Mas jogou, o que comparado com muitas partidas do Brasileirão, e até mesmo na Copa do Brasil, já é um grande avanço.

Bora torcer.

Isso aqui é Flamengo.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget