Pratas da Casa fazem a diferença em classificação do Flamengo

O garoto teve papel fundamental na classificação. Não só ele como o próprio Paquetá que entrou na reta final e Vinicius Júnior.

GOAL: Com investimento alto nesta temporada e nomes de peso no elenco, a base Rubro-Negro ficou um pouco de lado. Na maioria das vezes os garotos serviram apenas para "tapar buracos" ou entrar numa emergência. Foi com Matheus Sávio na Copa Libertadores da América, foi assim com o goleiro Thiago na Copa do Brasil e foi assim também com Lucas Paquetá.

Sem se esconder, meia assumiu o papel de centroavante da equipe na ausência de Paolo Guerrero e marcou o único gol do Flamengo nos dois jogos da final da Copa do Brasil. A equipe Rubro-Negra perdeu o título para o Cruzeiro, mas Paquetá saiu com muita moral.

Felipe Vizeu, Juan, Vinicius Júnior e Lucas Paquetá comemorando classificação do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Com tanta moral que o garoto passou a substituir Guerrero no ataque, nas vezes em que o peruano ficou de fora, foi dele a responsabilidade no comandado ofensivo. Mas apesar da disposição e oportunismo, Paquetá sofreu nos dois últimos jogos em que assumiu esse papel.

Com o retorno de Felipe Vizeu, outro prata da casa, Rueda optou por voltar a jogar com um centroavante de ofício diante do Fluminense, pelo segundo jogo das quartas de final da Copa Sul-Americana. E apesar do susto inicial, o garoto teve papel fundamental na classificação. Não só ele como o próprio Paquetá que entrou na reta final e Vinicius Júnior.

O "prodígio" já negociado com o Real Madrid então, fez talvez seu melhor jogo como profissional.  Ele não marcou gols mas mudou a cara do Flamengo e foi fundamental na recuperação da equipe na partida. No final das contas, a base Rubro-Negra foi essencial para a classificação.

Vinicius Júnior foi muito ativo desde que entrou, participou das duas jogadas dos gols, no primeiro, deu boa bola para Everton Ribeiro que com um passe de classe assistiu Felipe Vizeu empurrar a bola para o fundo do gol.

"Desde a primeira bola ali que toquei para o Everton Ribeiro que tocou para o Vizeu fazer o gol, eu estava com a confiança lá em cima e graças a Deus que deu tudo certo. Eu tinha que ajudar de alguma forma, eu vim treinando bastante essa semana no um para um no individual, e hoje eu pude entrar e botar fogo no jogo. Foi uma das melhores partidas, eu prefiro sempre jogar bem e sair com a vitória como hoje que saímos com a classificação", comemorou Vinicius Júnior.

Vizeu, por sua vez, afirmou que em momento nenhum temeu pelo pior na partida e exaltou a participação da torcida do Flamengo, que deu um verdadeiro show nas arquibancadas do Maracanã.

"Todo o gol para mim no Flamengo é importante, sempre o próximo eu costumo dizer ainda mais para centroavante, quando mais gols fizer mais ajuda a equipe. Com certeza esse é muito importante para mim, para a minha carreira, estou muito feliz, fiquei muito emocionado. Quando estava três a um a nossa nação fez a diferença, continuou cantando, continuou nos apoiando e quando saiu o gol ali eu já sabia que não seria diferente. Com humildade, mas quando a gente estava perdendo de 3 a 1 eles fizeram a diferença e a gente com o apoio deles conseguiu sair classificado".

Classificado para a semifinais, o Flamengo espera agora o vencedor do confronto entre Júnior Barranquilla e Sport. A dupla se enfrenta nesta quarta-feira, na Colômbia.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget