Uma lástima Flamengo

As poucas bolas que chegaram ao ataque não levaram grandes riscos ao gol do Palmeiras.

GILMAR FERREIRA: O Corinthians terá a chance de festejar a conquista de seu sétimo título brasileiro com uma vitória sobre o Fluminense no meio de semana.

E a partir de então o foco maior estará no pega entre Botafogo, Flamengo e Vasco por vaga no G-7.

Foto: Staff Images
Com a expectativa de o Grêmio ser o campeão da Libertadores deste ano, abrindo brecha para que um deles figure no G-4.

Passa a valer vaga direta na fase de grupos da edição de 2018.

É migalha, mas não deixa de ser tema para boa resenha no bar...

VASCO 1 x 1 SÃO PAULO.

Foi o quinto empate do Vasco nos últimos sete jogos como mandante, sem contar o clássico com o Flamengo.

Mas, desta vez, deixando a forte impressão de que a confiança cresceu.

O fato de estar livre do risco de rebaixamento soltou as rédeas e o time de Zé Ricardo é agora ousado e ofensivo.

Não venceu, mas teve o controle da partida e produziu jogadas de qualidade.

E, o melhor: valorizando as pratas da casa...

Gabriel Felix, Henrique, Guilherme Costa, Evander, Caio Monteiro, Paulinho, Paulo Vítor...

O Vasco tem futuro.

PALMEIRAS 2 x 0 FLAMENGO.

A pouca mobilidade de uma zaga formada por Rafael Vaz e Rhodolfo custou caro ao time de Reinaldo Rueda.

Os dois gols de Deyverson em 36 minutos, tendo pela frente um adversário forte e sob pressão da torcida, baixaram a crista dos jogadores.

E a crista baixa minou a competitividade do Flamengo.

Faltou, sobretudo, lucidez na articulação.

As poucas bolas que chegaram ao ataque não levaram grandes riscos ao gol do Palmeiras.

Uma lástima, que precisa ser corrigida no confronto com o Coritiba.

Sob o risco de impactar na confiança do time para as semifinais da Sul-Americana.

CRUZEIRO 3 x 1 FLUMINENSE.

O confronto em Belo Horizonte era indigesto para o time de Abel Braga, ainda que o time de Mano Menezes não ter grandes aspirações na competição.

De qualquer forma, a superioridade técnica dos mineiros fez a toda a diferença.

Principalmente depois da expulsão do lateral Marlon, no início do segundo tempo.

O Cruzeiro fez três e poderia ter feito muito mais.

A luta dos tricolores contra o rebaixamento exigirá frieza e boa estratégia.

Com 43 pontos, distante seis pontos do Z-4, a situação não é desesperadora.

Mas o time agora enfrentará o Corinthians, naquele que pode ser o jogo do título.

E depois tem confrontos diretos contra Ponte Preta e Sport, no Rio.

Haja emoção...

BOTAFOGO 0 x 1 ATLÉTICO-PR.

O Botafogo não é um time sem vergonha, como sugeriu sua própria torcida após a derrota para o Atlético-PR por 1 a 0.

Basta olhar para a classificação do returno e perceber que ainda é o time de Jair Ventura quem a lidera.

Mas é realmente frustrante vê-lo desperdiçar as oportunidades que a competição lhe oferece.

Foi a terceira derrota alvinegra nos últimos cinco jogos em casa.

E a terceira também em oito disputados nos últimos trinta dias.

A torcida alvinegra queria mais _ e é justo!

Queria sobre tudo festejar a conquista de um título.

Mas todos nós, alvinegros ou não, sabemos se tratar de um time que joga em seu limite.

Neste sábado, foram 534 passes trocados em busca do caminho do gol, com 35 cruzamentos, 39 lançamentos e 14 finalizações.

Faltaram velocidade e um pouco mais de talento individual para quebrar as linhas de marcação.

O Botafogo tem difculdades quando tem a obrigação de assumir o papel de mandante e isso é claro.

O Atlético-PR de Fabiano Soares explorou a ansiedade alvinegra, trocou 397 pass es e foi ao ataque em 59 lançamentos _ dados do Footstats.

Conseguiu o gol no terceiro chute do meia Guilherme da entrada da área, contando com a infelicidade do goleiro Gatito Fernandez, e se fechou com eficiência.

E não houve jeito dos donos da casa evitarem a derrota.

Em alguns jogos, com cenários bem parecido, o acaso ajudou o esforço dos alvinegros.

Desta vez não foi possível _ paciência.

Mas não dá para dizer que é um time "sem vergonha".

O Botafogo ainda está no lucro...


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget