VP de Secretaria e VP de Administração deixam o Flamengo

Um novo ciclo para o Flamengo está por vir com a consolidação de valores e expansão de algumas frentes que irão nos levar a um novo patamar.

UOL: A administração do Flamengo sofreu perdas significativas nos últimos tempos. Depois do diretor financeiro Paulo Dutra, os vice-presidentes Edmilson Varejão e Rafael Strauch deixaram o clube. O último, inclusive, se despediu oficialmente neste sábado (11).

Varejão deixou o clube por conta de iniciativas profissionais no exterior. Segundo apurou o UOL Esporte, Strauch também saiu em razão de compromissos particulares e está fora do país. A informação foi confirmada pelo departamento de comunicação do Rubro-negro.

Gilberto Freitas assumiu a VP de secretaria, mas ainda não há substituto para o cargo ocupado por Rafael Strauch. Ele era muito próximo ao presidente Eduardo Bandeira de Mello e um dos líderes do SóFLA, o grupo político do mandatário.

Eduardo Bandeira, Patrícia Amorim e Rafael Strauch na inauguração da Ilha, estádio do Flamengo - Foto: Divulgação


Strauch, inclusive, foi o principal coordenador da campanha que garantiu a reeleição do presidente no pleito de dezembro de 2015. Apesar da proximidade com Bandeira de Mello, ele sempre foi considerado um personagem controverso dentro da própria administração, principalmente pelas opiniões intensas e dos confrontos no dia a dia. A relação com a imprensa também nunca foi das melhores.

Embora as saídas não tenham ligação direta - pelo menos por enquanto - com a eleição do próximo ano, as informações dos bastidores da Gávea apontam que outros integrantes importantes da diretoria devem deixar o clube. As divergências com o presidente Bandeira têm sido um problema nos últimos tempos.

Veja a nota:

Foram intensos 5 anos seguidos servindo ao Flamengo como membro do Conselho Diretor, em que tive a oportunidade e orgulho de participar de um ciclo importante do nosso amado clube. Fiz muitos amigos nessa jornada, não caberia aqui descrever todos que me ajudaram de todas as formas possíveis, principalmente os integrantes do SóFLA, que estiveram ao lado apoiando, trabalhando (mesmo nos momentos mais difíceis). Agradeço muito as críticas (não as ofensas) pois somente através delas sabemos onde temos que melhorar. Obrigado ao Presidente Eduardo Bandeira de Mello que me permitiu fazer parte dessa história e aos demais VPs que foram companheiros de CODI. Aos profissionais do Clube que tanto se dedicam por uma instituição ainda maior.

Gostaria de agradecer principalmente à minha esposa que me presenteou com o título de sócio proprietário no dia 12/06/2011 por saber do meu amor e vontade de participar da política do Clube, e ter por tido tanta paciência e resiliência nesses 5 anos enquanto fui Vice-Presidente em diferentes pastas.

A maior lição que aprendi no Flamengo é que os bons são maioria e que se as pessoas se aglutinarem em torno de um ideal e trabalharem de forma organizada são capazes de mudar qualquer realidade.

Acredito que um novo ciclo para o Flamengo está por vir com a consolidação de valores e expansão de algumas frentes que irão nos levar a um novo patamar e com toda a certeza seu futuro ainda será mais lindo que o seu presente que tão lindo é.

Uma vez Flamengo, sempre Flamengo, Rafael Strauch.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget