Cueva sai em defesa de Guerrero: 'Estão lhe cortando as pernas'

Assim, o camisa 9 do Flamengo, que inicialmente foi sancionado por um mês no dia 3 de novembro, continuará inabilitado.

ESPN: O meia Christian Cueva, companheiro do atacante Paolo Guerrero na seleção peruana, defendeu o colega no caso de doping nesta quarta-feira e demonstrou confiança que o atleta do Flamengo provará sua inocência.

"Estão lhe cortando as pernas no momento mais importante de sua vida, com a possibilidade de ficar fora da Copa. Mas Paolo sabe o apoio que tem do grupo, de mim, particularmente, e de toda a comissão técnica. Sabemos o profissional que ele é", declarou o meia do São Paulo à emissora peruana "América Televisión".

ANTONIO CICERO/Photopress/Gazeta Press
Nesta terça-feira, a Fifa prorrogou em 20 dias a suspensão provisória imposta a Guerrero. Assim, o camisa 9 do Flamengo, que inicialmente foi sancionado por um mês no dia 3 de novembro, continuará inabilitado, sem poder jogar nem treinar até 24 de dezembro. Ele inclusive está fora da final da Copa Sul-Americana, contra o Independiente.

"Guerrero leva muitos anos jogando fora do Peru em nível muito competitivo e não fez nada de errado. É o capitão da seleção, tem a nossa admiração. É único no nosso país e no futebol mundial", elogiou Cueva.

Durante a audiência realizada na semana passada em Zurique, na Suíça, a Fifa concluiu que a benzoilecgonina, principal metabolito da coca encontrado no exame de Guerrero, não procedia do consumo de cocaína.

Pelos baixos níveis achados nas análises, a defesa do atacante alegou que a substância é fruto da ingestão de um chá contaminado com restos de folhas de coca, nos dias anteriores à partida entre Peru e Argentina, pelas Eliminatórias, disputada em 5 de outubro em Buenos Aires.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget