Eboli vê Rueda assustado no Flamengo: "Uma panela de pressão"

Se estiver mantendo conversas com a federação chilena, Rueda deveria falar abertamente com o Flamengo sobre sua possível saída.

SPORTV: Uma novela tem deixado os torcedores do Flamengo inquietos nesse final de ano: o futuro de Reinaldo Rueda. De acordo com parte da imprensa chilena, o acerto do técnico com a seleção do país é iminente e deve ocorrer nos primeiros dias de 2018 - a diretoria rubro-negra nega. Na opinião do jornalista Carlos Eduardo Eboli, da "Rádio CBN", as cobranças constantes por parte dos torcedores flamenguistas e a saúde da mãe do treinador - que está internada em um hospital de Cali, na Colômbia - podem ser motivos para que Rueda troque o clube pelo Chile.

- Tive uma percepção do Rueda assustado, muito abatido. Eu percebi ele assustado com o futebol brasileiro, com a panela de pressão que é o Flamengo, que vai ser ainda maior no ano que vem. Eu vi o profissional Rueda assustado com a necessidade de resultado. Ele, indiscutivelmente, vai estar em uma zona de conforto na seleção do Chile. Vai viver uma situação muito mais tranquila, um ano de preparação. E com outro detalhe, tem a questão pessoal: a situação de saúde da mãe dele. Um ano em uma zona de conforto vai permitir que ele tenha mais atenção com a vida pessoal. Talvez isso seja importante para ele nesse momento. Acho que tudo isso deve ser colocado na balança - afirmou, em participação no "Redação SporTV".

Foto: Reprodução
Para Carlos Eduardo Mansur, repórter do jornal "O Globo", se estiver mantendo conversas com a federação chilena, Rueda deveria falar abertamente com o Flamengo sobre sua possível saída.

- Imagine que algo atrapalhe o acerto com o Chile nesse processo, imagine que seja verdade o que sai do Flamengo, de que o único aviso que teve do Rueda é há um interesse, mas que não houve um encontro. Agora , aparentemente, o Flamengo não sabia que tem havido um encontro dele com a federação chilena. É legítimo um profissional ouvir propostas de trabalho de outro lugar, mas em tese você tem que ter uma conversa também com seu atual empregador, na medida em que as notícias vão pipocando na imprensa. Essa conversa, quando as duas partes se aproximarem, vai precisar ser muito esclarecedora para que a relação não fique permeada por uma desconfiança - opinou.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget