Enquanto busca atacante de peso, Flamengo apostará na Base

EXTRA GLOBO: O pesadelo se tornou realidade. O Flamengo não contava com a severa punição da Fifa a Paolo Guerrero e terá um mês para buscar um centroavante de ponta para jogar a Libertadores. Com a pena de um ano pelo doping por uso de um metabólito da cocaína divulgada ontem, o jogador também não jogaria a Copa da Rússia pelo Peru.

A defesa do jogador vai recorrer, mas o departamento jurídico do clube já começa a colocar em prática a ideia de uma rescisão de contrato amigável. O vínculo iria até agosto de 2018 e seria renovado. A possível redução da punição é o que faz o processo se manter em espera pelas próximas semanas.

Lincoln, Paquetá, Vizeu e Vinicius Jr são da Base do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Contudo, a passagem de Guerrero pela Gávea hoje está perto do fim. A diretoria garante que não ficará sem um jogador de mais peso na posição em 2018. Hoje, os jovens Felipe Vizeu e Lincoln são as únicas peças.

Guerrero era esperado até para a final da Copa Sul-Americana no Maracanã, na quarta-feira, em caso de absolvição. O jogador teve o treino de ontem cancelado após a notícia e seus representantes já conversam com o Flamengo sobre os próximos passos do recurso e o possível modelo de rescisão.

O Flamengo já avaliava a busca por nomes para o ataque. Com a saída de Leandro Damião, dois nomes para o setor eram analisados. Agora, com a possibilidade de perder Guerrero de forma definitiva, a busca vai ter que adotar um critério de qualidade ainda maior.

Nomes especulados até agora são ignorados pela diretoria. Se antes a opção era por mais uma alternativa à Guerrero, agora é por um jogador à sua altura. Um segundo atacante segue como prioridade. A diretoria alega que vai aguardar a final contra o Independiente para tratar o tema, mas acelera a busca de informações.

Vizeu e Lincoln são opções

Na ocasião da contratação de Guerrero, o Flamengo investiu R$ 16 milhões em luvas para ter o atacante. Agora, precisará abrir o bolso para repor a perda do jogador. No momento, a diretoria aposta em Felipe Vizeu, que performou no fim da temporada, e no jovem de 16 anos Lincoln, que subiu aos profissionais e será lapidado. As possíveis ofertas pelos jovens serão descartadas em um primeiro momento.

A busca por um centroavante de peso não fará com que a diretoria ignore a evolução dos pratas da casa. Vizeu demorou a ter sequência e agora que mantém boa fase vai emplacar 2018 como titular. Enquanto isso, Lincoln inicia sua trajetória e vai amadurecer aos poucos, portanto não é visto como solução imediata.

A diretoria garante que não ficará sem um jogador de mais peso na posição em 2018. Hoje, os jovens Felipe Vizeu e Lincoln são as únicas peças.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget