Enquanto Independiente descansou, Flamengo viajou 20 mil km

Além da viagem, os jogadores tiveram uma partida muito desgastante, que exigiu (e muito) do físico dos atletas.

COLUNA DO FLAMENGO: Os últimos dias têm sido exaustivos para os jogadores do Flamengo. Para poder atuar nos dois últimos jogos e se preparar para a primeira partida da final da Sul-Americana, contra o Independiente, na Argentina, quarta-feira (6), às 21h45 (de Brasília), a delegação rubro-negra percorreu 20.123,3 km, o que, obviamente, não é o ideal na preparação para os duelos.

O rival Independiente, por exemplo, não entra em campo desde o dia 28 de novembro, quando venceu o Libertad, do Paraguai, e carimbou a vaga à final da Sul-Americana. Os argentinos entrariam em campo no último sábado (2), diante do Rosário Central, pelo campeonato nacional, mas, para se pouparem, solicitaram o adiamento à Federação, e o pedido foi acatado.

O COMEÇO DO "SACRIFÍCIO":

Foto: Divulgação
Rio de Janeiro ​-> Barranquilla (Colômbia)

O roteiro do Flamengo não foi nada fácil. Na última terça-feira (28), o time saiu do Rio de Janeiro, rumo a Barranquilla, para o segundo jogo da semifinal da Copa Sul-Americana, contra o Junior Barranquilla. Além da viagem, os jogadores tiveram uma partida muito desgastante, que exigiu (e muito) do físico dos atletas.

Barranquilla (Colômbia) -> Salvador

Depois de conseguir vaga à final da Sul-Americana, a delegação do Flamengo embarcou para Salvador para mais uma decisão, mas dessa vez pelo Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro precisava vencer o Vitória, no Barradão, na última rodada da competição, para conseguir carimbar a vaga na fase de grupos da Libertadores.

Os jogadores tiveram apenas dois dias para recuperarem a parte física. Mas, durante o jogo, o cansaço no time do Flamengo ficou visível. O técnico Reinaldo Rueda, após o triunfo de 2 a 1 sobre o Vitória, falou sobre o desgaste que o time está tendo nos últimos dias.

"Tínhamos uma decisão difícil, com o time desgastado. Mas é super importante para a instituição, para o Flamengo e para a diretoria. O Flamengo quer jogar a nível internacional. Muito importante para a torcida que quer ver esse Flamengo grande.Todos merecem o melhor e estamos trabalhando para isso acontecer".

Salvador -> Rio de Janeiro

Com a classificação à fase de grupos da Libertadores na mala, o Flamengo embarcou rumo ao Rio de Janeiro e chegou à Cidade Maravilhosa por volta de meia-noite para apenas dormir e viajar para a Argentina na manhã seguinte.

Rio de Janeiro -> Buenos Aires

Pouco mais de 12 horas após desembarcar no Rio de Janeiro, os jogadores do Flamengo partiram rumo a Buenos Aires e iniciaram a preparação para o primeiro jogo da final da Sul-Americana, que vai ser disputada na cidade Avellaneda, província da capital argentina.

Mais um obstáculo: o fuso horário

Além do desgaste nas viagens, o Flamengo precisa superar o fuso horário das cidades em que está indo. Em Barranquilla, por exemplo, os jogadores enfrentaram três horas a menos que no Rio de Janeiro. Depois da cidade colombiana, o time foi para Salvador, que não tem horário de verão, e retornou à capital fluminense.

Em Buenos Aires, ​o fuso horário também é diferente do Rio de Janeiro. Sem horário de verão, a cidade argentina está uma hora a menos, assim como aconteceu em Salvador.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget