Faltaram líderes no Flamengo

BLOG DO BIRNER: A ética que está na essência do futebol exige o seguinte: após o resultado de ontem e a campanha do Flamengo na temporada, os atletas mais rodados e contratados para resolver jogos tomam á frente, chamam as críticas para si e protegem os que iniciam a carreira no time principal.

Dessa vez, não será preciso a iniciativa. O campo mostrou que Diego pouco rendeu e Éverton Ribeiro- entrou na vaga do apagado Cuellar – nada agregou ao sistema de criação.

Estaria tudo bem se as atuações fossem uma exceção. O problema foi a temporada.

Diego comemorando gol com Lucas Paquetá e Felipe Vizeu no Flamengo - Foto: Bruna Prado/Getty Images
Tinham que produzir mais tanto na parte individual quanto para o coletivo.

A sabedoria

Creio que, por serem atletas conscientes, experimentados, têm essa auto-crítica.

Se esforçaram para jogar melhor, mas não atingiram o padrão que esperam a diretoria e a torcida.

O ponto

Se a gente somar o desempenho de Guerrero, a conclusão é que os investimentos em atletas que elevam o padrão e põem o elenco no topo do país, junto ao Palmeiras, foram inúteis.

Podem compensar a partir da próxima temporada. O elenco é dos melhores na floresta desmatada do futebol nacional, mas alguém precisa brilhar e ser líder técnico nos grandes jogos.

Lucas Paquetá foi o destaque do time na final.

O clichê

A principal dificuldade foi o sistema de criação. O repertório pobre força cruzamentos.

Depois do empate no pênalti padrão brasileiro, o Independiente construiu mais oportunidades que a agremiação da Gávea. O Flamengo precisava, jogando no Rio de Janeiro, incomodar e tornar o andamento desconfortável para os 'hermanos:.

Sem renomados

Voto no Everton como o jogador mais construtivo do Flamengo nesse ano. O clube necessitava que Guerrero, Everton Ribeiro e Diego fossem os líderes nas pesquisas eleitorais.

Se não todos, no mínimo um precisava brilhar nesse trio.

A nau

Os cartolas têm que avaliar os atletas, deduzir se melhorarão na próxima temporada, qual o perfil dos reforços necessários, e refletir sobre os próprios métodos de gestão do futebol.

Como podem construir o ambiente que estimule a competitividade e a união do elenco. É primordial diminuir o número de equívocos no departamento e que refletem dentro dos gramados.

Em alguns momentos, a impressão foi que navegaram sem rumo.

Os marinheiros precisam de pleno conhecimento do mar.

Se o Flamengo tivesse ganho uma das finais, a avaliação deveria ser igual.

Dirigentes incompetentes são driblados por resultados. Os sábios avaliam a dinâmica do futebol e contribuem para ser compatível ao potencial do elenco.

O clube necessitava que Guerrero, Everton Ribeiro e Diego fossem os líderes nas pesquisas eleitorais.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget