Flamengo não deve ter caminho fácil para acertar com Fred

Os números são expressivos. Ainda mais que, na reta final da temporada, marcou sete gols em 10 partidas.

SPORTVA notícia chegou com força nesta segunda-feira: de olho num atacante para ocupar a vaga de Paolo Guerrero, suspenso por um ano por doping, o Flamengo aponta a mira para Fred. O atacante do Atlético-MG, que por tantos anos foi carrasco do Rubro-Negro atuando pelo Fluminense, passou a ser visto como alternativa ideal pela experiência e facilidade em fazer gols. Com 34 anos - o peruano vai completar a mesma idade agora, em 1º de janeiro -, Fred assumiria a camisa 9 já no começo da temporada. O comentarista Bob Faria diz que o Galo, até o momento, não confirmou o interesse do rival carioca. Mas acha que a negociação não será fácil, até porque o clube pode perder ainda Robinho para o Santos e já não terá Rafael Moura, o He-Man, que não fica em 2018.

- De qualquer forma... Se o Robinho não fica, o Fred passa a ser o maior salário do Atlético. O Fred fez 30 gols na temporada. Mesmo com altos e baixos, deixou a marca dele na temporada do Atlético. E com a saída do Rafael Moura, o Atlético não tem outro centroavante. Vai que o Carlos volta, mas não é o cara. Então, eu acho que não é uma negociação tão fácil assim para o Flamengo tentar tirar o Fred do Atlético - disse Bob Faria no "Seleção SporTV".

Foto: Bruno Cantini
O contrato do atacante vai até o fim de 2018, e, até então, o seu nome não vinha entrando em qualquer especulação. Muito pelo contrário. Com 30 gols em 2017, Fred teve a terceira melhor temporada de sua carreira, ficando atrás dos anos de 2005 (40 gols), quando defendia o Cruzeiro, e 2011 (34 gols), quando atuava no Fluminense, clube que defendeu até se transferir para o Galo. E o camisa 9 é um dos pilares da construção do elenco do Atlético-MG para o próximo ano.

Dos 30 gols marcados, 10 foram no Campeonato Mineiro, seis na Libertadores, um na Primeira Liga, um na Copa do Brasil e 12 no Campeonato Brasileiro. Mesmo com jejum de 12 jogos sem marcar, os números são expressivos. Ainda mais que, na reta final da temporada, marcou sete gols em 10 partidas.

Além de balançar as redes dos adversários, Fred também foi um bom "garçom" em 2017, totalizando 10 assistências na temporada. Com participação direta em 40 gols do Galo neste ano, o camisa 9 marcou presença em 35% dos gols alvinegros. No futebol brasileiro, ninguém participou mais de gols do que o centroavante. Para se ter uma ideia, o meia Thiago Neves, do Cruzeiro, por exemplo, totalizou 31 gols e assistências somados. Outro destaque, Bruno Henrique, do Santos, um dos principais assistentes do Brasileirão, terminou o ano com 29.

Apesar dos bons números, na opinião do comentarista do SporTV Sérgio Xavier, a possível contratação do centroavante pelo Flamengo pode se revelar um tiro no próprio pé. Isso porque o jovem Felipe Vizeu, de 20 anos, teve boas atuações no fim do ano e ficaria "travado" com a chegada de um nome de peso para a mesma posição.

- Cada contratação dessas que você faz, bota uma barreira na frente da molecada que está vindo de baixo. Eu, particularmente, gostei muito do final do Felipe Vizeu. Pode travar o Vizeu. Esse, sim, tem muita movimentação, o Vizeu ta dando até carrinho. É um jogador que se mexe bastante. Tem uma intenção de marketing, traz o Fred, bota a camisa do Flamengo, tem "aerofla". Os dirigentes gostam disso. Eu fico na dúvida se, na vida real, o Fred ajuda ou trava o desenvolvimento de quem está embaixo - afirmou, em participação no "Seleção SporTV".


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget