Flamengo próximo de fechar com criadora de Softwares de gestão

BAGUETE: O Flamengo, clube de futebol com a maior torcida no Brasil, está nos passos finais para fechar um contrato com a SAP.

A aproximação da multinacional alemã com o clube carioca foi descoberta pelo Baguete junto a fontes de mercado.

Procurado sobre o assunto, o clube, por meio de seu vice-presidente de TI, Luiz Filipe Teixeira, confirmou que o contato existe, mas reforçou que o processo de implementação ainda não foi iniciado.

Foto: Divulgação
“O projeto, que tem a Atos como responsável pela futura implementação, ainda está em fase de avaliação por parte do conselho de administração, que precisa aprovar o contrato devido ao valor da negociação que está na alçada deste conselho”, esclarece Luiz Filipe Teixeira, vice-presidente de TI do Flamengo.

A escolha do clube é pela implementação do S/4 Hana para gestão de back-office no modelo de serviço.

No S/4 Hana, o clube deve contar com até 50 usuários inicialmente, atuando nas áreas administrativa, financeira e de orçamento.

“Para a escolha do software, iniciamos há seis meses a RFP e analisamos as opções da SAP e da Totvs, que são as empresas que contam com exemplos no universo de futebol”, relata Teixeira.

Um dos fatores que pesou como diferencial para a SAP foi o software Sports One, voltado para a análise de performance do time e dos jogadores.

“Trabalhar com o Sports One é um desejo do Flamengo para o futuro, então consideramos adequado começar o projeto de reestruturação da gestão com a SAP”, completa o VP de TI.

Hoje, para análise qualitativa e quantitativa de performance, o Flamengo usa os softwares Wyscout (avaliação de performance de jogadores), InStat (comparativo de equipes e jogadores), Sportmed (para gerenciamento de condições físicas), CODA (avaliação presencial durante os jogos) e SportsCode (para análise de vídeos).

"Esses softwares já foram implementados e fazem parte do projeto de Analytics do Flamengo, que tem no Projeto MAIA (Mapa Individual de Atletas), planejado para 2018, o pilar da inovação do clube para o uso de dados na melhora da performance dos seus atletas profissionais e de base”, destaca Teixeira.

O contrato com o Flamengo pode reproduzir na área de TI uma tradicional rivalidade do futebol brasileiro.

O Corinthians, que disputa com o clube carioca o título de maior torcida do Brasil, fechou em 2015 um contrato com a Totvs para fazer a administração do back-office do clube.

Já na rivalidade paulista, a SAP divulgou neste ano um contrato com o São Paulo, que adotou o SAP S/4 Hana com implantação da Atos.

Porém, quando o assunto é o uso de tecnologias de análise de dados diretamente na atividade fim dos clubes, o futebol, o único exemplo do país no momento é o Grêmio, que começou a usar um dos módulos do que veio a ser o Sports One em 2014, antes mesmo dele lançado na sua forma atual pela SAP em 2015.

O projeto do tricolor gaúcho teve envolvimento direto do SAP Labs, centro de suporte e desenvolvimento da SAP em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre.

Pode ter relação com o software da SAP ou não, mas a verdade é que desde então o Grêmio decolou, tendo superado um período de seca de títulos para vencer a Copa do Brasil e a Libertadores da América.

(A movimentação do Grêmio para adquirir o produto da SAP, aliás, também foi revelada pelo Baguete em primeira mão na época, assim como os planos atuais do Flamengo).

No S/4 Hana, o clube deve contar com até 50 usuários inicialmente, atuando nas áreas administrativa, financeira e de orçamento.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget