Grêmio demonstra interesse em Everton Cardoso, do Flamengo

O valor da transferência é de aproximadamente R$ 15 milhões, mas a negociação - caso aconteça - só deve evoluir a partir de janeiro.

UOL: O Flamengo tem uma lista de jogadores negociáveis para 2018, mas um titular absoluto e que não está nos planos iniciais de venda pode ser uma importante baixa. Trata-se do meia-atacante Everton, valorizado pelo bom ano individual e que desperta o interesse de clubes do Brasil e do exterior.

Um deles é o Grêmio, que vê com bons olhos a contratação e mantém contatos com o estafe do atleta para saber sobre a possibilidade. O valor da transferência é de aproximadamente R$ 15 milhões, mas a negociação - caso aconteça - só deve evoluir a partir de janeiro. Segundo o vice de futebol do clube gaúcho, Odorico Roman, pagar tal valor está fora dos planos.

Everton durante Grêmio x Flamengo - Foto: Lucas Uebel/Getty Images
Everton é apreciado no Grêmio. O meia flamenguista recebe, nos bastidores, uma série de elogios sempre que o nome é citado. Na partida entre tricolores e rubro-negros na Arena, neste ano, teve novamente as qualidades elencadas pela direção gremista. E fez bom jogo.

O técnico Renato Gaúcho também é apreciador das qualidades do atleta e dá aval para a tentativa de contratação. À distância, o clube acompanha a situação do jogador. Ainda não firmou qualquer proposta, mas não descarta que uma oferta seja feita em breve.

Precisaria, para isso, angariar fundos de uma eventual venda. Com vários jogadores assediados pelo mercado europeu, necessitaria de um aporte financeiro, por exemplo, de uma venda de Luan ou Arthur.

O primeiro, porém, não é o predileto para sair. Considerado "caro" para janela de meio de temporada na Europa, Luan renovou recentemente com o Grêmio e deve permanecer ao menos por mais seis meses. Arthur, por outro lado, pode sair caso o Barcelona efetue o pagamento da multa rescisória.

O que pode pesar na investida em Everton é a possível saída de Fernandinho, que não deve renovar contrato. Além da incerteza sobre Cícero, que também precisa de um novo compromisso para permanecer em 2018.

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, a direção gremista disse que se trata de um bom jogador, mas que ainda não iniciou negociação para efetivar a contratação.

Everton, em todo caso, agrada, tem mercado e o Flamengo já sabe que terá trabalho para segurá-lo. Nenhum jogador é considerado inegociável pela diretoria rubro-negra, só que o meia está longe de ser o predileto para sair. Com boas propostas para jogador e clube, no entanto, as coisas podem se resolver. O contrato com os cariocas vai até 31 de dezembro de 2019. Everton é apreciado no Grêmio. O meia flamenguista recebe, nos bastidores, uma série de elogios sempre que o nome é citado. Na partida entre tricolores e rubro-negros na Arena, neste ano, teve novamente as qualidades elencadas pela direção gremista. E fez bom jogo.

O técnico Renato Gaúcho também é apreciador das qualidades do atleta e dá aval para a tentativa de contratação. À distância, o clube acompanha a situação do jogador. Ainda não firmou qualquer proposta, mas não descarta que uma oferta seja feita em breve.

Precisaria, para isso, angariar fundos de uma eventual venda. Com vários jogadores assediados pelo mercado europeu, necessitaria de um aporte financeiro, por exemplo, de uma venda de Luan ou Arthur.

O primeiro, porém, não é o predileto para sair. Considerado "caro" para janela de meio de temporada na Europa, Luan renovou recentemente com o Grêmio e deve permanecer ao menos por mais seis meses. Arthur, por outro lado, pode sair caso o Barcelona efetue o pagamento da multa rescisória.

O que pode pesar na investida em Everton é a possível saída de Fernandinho, que não deve renovar contrato. Além da incerteza sobre Cícero, que também precisa de um novo compromisso para permanecer em 2018.

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, a direção gremista disse que se trata de um bom jogador, mas que ainda não iniciou negociação para efetivar a contratação.

Everton, em todo caso, agrada, tem mercado e o Flamengo já sabe que terá trabalho para segurá-lo. Nenhum jogador é considerado inegociável pela diretoria rubro-negra, só que o meia está longe de ser o predileto para sair. Com boas propostas para jogador e clube, no entanto, as coisas podem se resolver. O contrato com os cariocas vai até 31 de dezembro de 2019.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget