Leilão por Pablo irrita clubes

FUTEBOL INTERIOR: O zagueiro Pablo virou assunto em alguns dos principais clubes do Brasil. Um dos destaques do Corinthians na temporada, o defensor tem sido sondado e comentado em pelo menos quatro times, casos de Palmeiras, Atlético-MG, Flamengo e o próprio Corinthians, que chegou a dar o negócio como encerrado, mas a situação pode ser revertida. Os dirigentes apontam o empresário do atleta como motivo da indefinição.

O Estado apurou que o empresário Fernando César teve conversas oficiais com o Palmeiras, Flamengo e Corinthians e representantes do Atlético-MG entraram em contato para saber a possibilidade de negócio. Valorizado, o defensor pede um salário considerado elevado pelos dirigentes, algo em torno de R$ 500 mil, além de luvas para o agente, que tem dificultado o negócio.

Pablo no Corinthians - Foto: Daniel Augusto Jr.
O Corinthians desistiu por não aceitar pagar à vista as luvas para Fernando. A sugestão foi pagar parcelado ao longo do tempo de contrato de Pablo, ideia que não foi aceita pelo agente, que temia não receber o acordado. Assim, o presidente Roberto de Andrade chegou a se manifestar publicamente dando como encerrada a negociação.

Entretanto, nos bastidores corintianos admitem até a possibilidade de reabrir negociação, caso os valores pedidos por Pablo e seu agente mudem satisfatoriamente. "Gostamos do Pablo, mas não podemos aceitar que ele ganhe mais, por exemplo, do que o Jô e o Rodriguinho e nem pagar o que agente quer de uma vez", disse um representante da diretoria.

No outro lado, o Palmeiras viu a situação do zagueiro Pablo como uma oportunidade no mercado de transferências e chegou a ser procurado pelo empresário do defensor. Durante as conversas, o clube entendeu não precisar resolver de forma urgente a questão por entender que o setor está bem servido no momento e os valores pedidos pela agente do ex-corintiano estão muito elevados.

A diretoria palmeirense não considera ser necessário investir cerca de R$ 11,6 milhões para comprar Pablo do Bordeaux, da França, e achou a pedida salarial, de aproximadamente R$ 500 mil, muito elevada para os padrões do clube. Nesta janela o time se reforçou para a defesa com Emerson Santos, ex-Botafogo, e deve receber o retorno de Thiago Martins, que esteve emprestado para o Bahia.

Por outro lado, o Palmeiras viu em Pablo a possível reposição para a saída de Mina. O colombiano tem acordo para reforçar o Barcelona depois da Copa do Mundo. Recentemente, a imprensa espanhola publicou que o defensor poderia se transferir antes disso, em janeiro, possibilidade negada pelo clube alviverde.

Já o Atlético-MG também sonha com o jogador, mas parece o mais distante. Nesta segunda-feira, o clube passará por eleição para definir seu novo presidente. O nome de Sérgio Sette Câmara, da situação, é o favorito, e ele pretende fazer uma oferta pelo defensor.

Quanto ao Flamengo, o clube carioca também entrou em contato para saber as condições e mantém o interesse, mas assim como Palmeiras e Corinthians, querem que os valores diminuam para voltar a negociar.

O empresário teve conversas oficiais com o Palmeiras, Flamengo e Corinthians e representantes do Atlético-MG entraram em contato.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget