Liberta e final de Sul-Americana turbinam orçamento do Flamengo

Sem contar a arrecadação com bilheteria nos três jogos como mandante. E ainda vem mais.

EXTRA GLOBO: Além de uma taça inédita em sua galeria, o Flamengo pode garantir mais dinheiro em seus cofres neste fim de ano. Só de terminar no sexto lugar do Brasileiro, o Rubro-Negro assegurou mais R$ 2,7 milhões de premiação, paga pela CBF. Além disso, já garantiu a cota paga pela Conmebol aos participantes da fase de grupos da Libertadores, que, na edição deste ano, foi de US$ 1,8 milhão (cerca de R$ 5,8 milhões) — sem contar a arrecadação com bilheteria nos três jogos como mandante. E ainda vem mais.

A premiação da Copa Sul-Americana ainda está em jogo. Se vencer o Independiente, o Flamengo levará mais US$ 2 milhões (R$ 6,5 milhões). O vice do torneio ficará com US$ 1 milhão (R$ 3,2 milhões). A partida decisiva, dia 13, no Maracanã, também deve ser responsável por uma renda alta. Com ingressos que custam até R$ 645, a venda já começou. O clube divulgou, neste domingo, que 14 mil bilhetes foram comercializados.

Rômulo, Rodinei e Juan comemorando classificação do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza


E os rubro-negros garantem que a conquista da vaga na fase de grupos da Liberta não interfere no desejo de serem campeões da Sul-americana. Pelo contrário: veem como positivo o fato de poder disputar o título sem este peso.

— Sem dúvida tranquiliza. A vaga é um projeto institucional, mas a Copa Sul-Americana é um projeto nosso, de orgulho profissional, de que a Sul-Americana vai ficar no Brasil — afirmou o técnico Reinaldo Rueda.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget