Marquinhos e Ramon veem Flamengo em formação

E o técnico José Neto já sabe o que quer fazer nesse período sem partidas: buscar um maior entrosamento de seu elenco.

GLOBO ESPORTE: O Flamengo derrotou neste sábado o Joinville pelo placar de 86 a 75 em seus domínios no ginásio do Tijuca Tênis Clube. O triunfo foi o terceiro seguido no Novo Basquete Brasil do Rubro-Negro, que agora tem 75% de aproveitamento e está na quarta colocação, atrás apenas de Mogi das Cruzes, Pinheiros e Minas Tênis Clube, esse último justamente o próximo rival na tabela. A questão é que o time da Gávea terá uma longa pausa pela frente até o embate com os mineiros no dia 18 de dezembro, às 20h (de Brasília), novamente em casa. E o técnico José Neto já sabe o que quer fazer nesse período sem partidas: buscar um maior entrosamento de seu elenco.

Foto: Staff Images
A equipe rubro-negra viveu um período bem agitado antes da estreia no NBB. Enquanto rivais já focavam na preparação para o campeonato nacional, o time da Gávea estava completamente virado para a disputa da fase semifinal da Liga Sul-Americana de basquete. O objetivo não foi alcançado, já que os flamenguistas acabaram eliminados e, assim, o tempo foi curto para virar a chave e entrosar o elenco, cheio de novas peças em comparação com 2016/2017.

- Acho que está muito distante (do ideal). Não que eu seja pessimista. Mas ainda está muito distante do que é a capacidade do time. Tem seus motivos. Pelo pouco tempo que treinamos, pela maneira que sofremos, foi duro para nós a Sul-Americana e, logo na sequência, ter que jogar o NBB, mais as janelas que acabamos tendo poucos jogadores para treinar. Isso não é justificativa, porque sabíamos que essa sequência ia acontecer e teríamos pouco tempo para treinar. Temos agora que aproveitar cada período que temos para poder entrosar o time, para o time poder saber exatamente a forma de jogar. Temos que, de uma forma acelerada, poder botar o time mais próximo da capacidade que tem - explicou.

Ainda que não veja sua equipe usando seu potencial máximo, José Neto tem em sua cabeça a clara noção de que o campeonato se decide apenas na fase de playoffs. Portanto, se mostra tranquilo em relação à missão de maximizar o desempenho rubro-negro.

- O campeonato de playoff se decide no playoff, né? Eu prefiro às vezes, se tiver que optar em sair em primeiro para os playoffs ou ganhar os playoffs, prefiro ganhar os playoffs. Esse é o foco, vamos trabalhar com isso, e temos um foco bastante ajustado para o que queremos. E agora é aproveitar dia a dia para botar a equipe cada vez mais próxima daquilo que tem como potencial - falou.

Um dos líderes do time na vitória sobre o Joinville, Marquinhos, que conseguiu 17 pontos, 7 rebotes e 4 assistências, preferia jogar logo. Para ele, partidas em sequência poderão ajudar a dar o ritmo necessário ao elenco.

- Eu não sei se a pausa é boa ou se é ruim. Estamos em um time que é visível que está em formação, tentando se encontrar, achar a melhor forma de atacar, de defender, então precisamos jogar. O Neto vem trabalhando o aspecto defensivo. Nos dois jogos aqui vocês viram um time negando a linha do passe, tentando se defender bem, tentando ajudar um ao outro defensivamente, então eu acho que esse é o caminho para ganharmos o campeonato.

Ele comemorou a vitória diante do Joinville e disse acreditar que, lá na frente, triunfos em casa poderão fazer a diferença para o Flamengo.

- Nosso objetivo é sempre tentar vencer as partidas em casa e, lá na frente, ter o mando de quadra. Os anos que ganhamos o campeonato foram os anos em que tivemos o mando de quadra. É importante ganhar em casa para terminar no grupo dos quatro ali, ter um tempo legal de se preparar para a parte final do campeonato.

Ronald Ramon, outro destaque com 14 pontos, seis rebotes e seis assistências, festejou a sequência invicta, mas fez coro ao técnico e ao companheiro de que o time ainda está em formação.

- A gente sabe que cada jogo é importante. Esses três jogos agora foram bons porque ganhamos, mas sabemos que precisamos melhorar muita coisa. Todo jogo é final. Nesse NBB de agora, todo time é forte, todo time entra sempre para ganhar. A gente tem que ter a mesma mentalidade. Temos uma pausa agora de alguns dias para voltar a treinar coisas que podemos melhorar. Sempre falta algo. Nunca vamos jogar um jogo perfeito. Nossa defesa hoje melhorou, mas podemos melhorar muito mais. Temos que continuar trabalhando e tentar fazer o melhor a cada jogo - finalizou o atleta.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget