"Reinaldo Rueda estava errado, pra variar", diz Bruno Voloch

O Flamengo porém se superou e ainda que não contasse novamente com Diego e Everton Ribeiro, apagadíssimos, venceu por 2 a 0.

BRUNO VOLOCH: E Reinaldo Rueda estava errado. Para variar.

O goleiro César e atacante Felipe Vizeu, heróis da copinha e dois jogadores formados na base, garantiram o Flamengo na decisão da Copa Sul-Americana.

Ambos foram decisivos.

Sair de Barranquilla classificado era algo improvável diante do cenário desenhado. O Flamengo porém se superou e ainda que não contasse novamente com Diego e Everton Ribeiro, apagadíssimos, venceu por 2 a 0.

Foto: Divulgação
César foi o herói da classificação. Não jogava uma partida oficial há 2 anos e saiu esgotado fisicamente. Em compensação ganhou moral e confiança para ser o titular na final contra o perigoso Independiente.

A defesa com menos de 5 minutos de jogo numa falta perto da área era a senha que César precisava. Rueda poderia ter evitado esse sofrimento se tivesse feito essa opção antes.

Fato é que depois da lesão do Diego Alves o destino quis dar uma força para o Muralha reescrever sua história. O personagem no entanto acabou sendo outro.

Em 2013, não custa lembrar, jogou o último jogo do campeonato brasileiro contra o Cruzeiro e salvou o Flamengo na luta contra o rebaixamento no empate contra o Cruzeiro.

Felipe Vizeu, quis o destino, cresceu e amadureceu desde a suspensão de Guerrero. A diretoria só fez atrapalhar a evolução do atacante em 1 ano trazendo Leandro Damião.

O Flamengo fica perto de salvar 2017.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget