Vascaíno, Sérgio Cabral dorme em penitenciária ao som de "Mengo"

E o espocar de fogos de artifício nas comemorações pela classificação do Flamengo para a final da Copa Sul-Americana.

Foto: Divulgação
O GLOBO: Moradores da favela do Arará, que fica nos fundos da Penitenciária José Frederico Marques, em Benfica, não deixaram Sérgio Cabral dormir de quinta para sexta-feira.

Vascaíno doente, o ex-governador escutou por toda a madrugada provocações, gritos de “Mengo!”, “Chupa, Cabral!” e o espocar de fogos de artifício nas comemorações pela classificação do Flamengo para a final da Copa Sul-Americana.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget