Zico comanda estádio por alguns dias

De preferência, sem novas cenas de violência, como as que chocaram o mundo em Flamengo x Independiente.

UOL: Depois das cenas de barbárie protagonizadas por torcedores do Flamengo na decisão da Copa Sul-Americana, caberá ao maior ídolo rubro-negro e artilheiro do Maracanã comandar o templo do futebol por alguns dias. O objetivo é promover um ambiente bem diferente do que se viu e preparar o estádio - ao menos no aspecto esportivo - para a temporada 2018.

Zico e Maracanã se confundem. O Galinho é o principal artilheiro do estádio. Marcou 334 gols e tem um espaço reservado em sua homenagem no saguão, local sempre visitado e alvo de inúmeras fotos por parte de turistas e torcedores. A administração aposta em Zico e a parceria tem aumentado nos últimos anos.

Foto: Divulgação
O já tradicional Jogo das Estrelas será realizado no próximo dia 27. A expectativa é a de pelo menos 40 mil espectadores. Nomes como os brasileiros Adriano Imperador, Juan, Alex, Leonardo, Júnior, Jorginho, Aldair, Zinho, Djalminha, Renato Gaúcho, Ronaldo Angelim, Amoroso e Neto (sobrevivente do voo da Chapecoense), o holandês Davids, o uruguaio Recoba, o sérvio Petkovic e os argentinos Goycochea e Sorín estarão presentes.

A organização até inovou desta vez. O evento contará com o curto show de uma estrela internacional. Jermaine Jackson, irmão de Michael Jackson e ex-integrante do Jackson 5, será o responsável por animar o público meia hora antes do jogo principal, agendado para às 20h30 (de Brasília). O clima será de celebração aos ídolos históricos e bem distante do que se viu na final da Sul-Americana.

O ano de 2018 terá início e Zico continuará com as chaves do Maracanã. Nos dias 6 e 7 de janeiro, o Galinho realizará o Zico 10 Camp para que crianças entre 7 e 14 anos tenham a oportunidade de aprender os fundamentos do futebol. A ideia já é a de fazer três eventos por ano no Maracanã - dois Zico 10 Camp (janeiro e julho) e um Jogo das Estrelas (dezembro).

A previsão é a de que até 800 jovens participem da clínica e movimentem o Maracanã no início do ano. Será um teste também para novas operações, gramado e utilizações de sistemas do estádio. Depois, Zico passa o bastão para que a bola comece a rolar no palco. De preferência, sem novas cenas de violência, como as que chocaram o mundo em Flamengo x Independiente.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget