Flamengo nega atraso por reforços: "Em um mês definiremos elenco"

O principal motivo para a, por enquanto, falta de reforços é a política adotada pelo clube nesta janela.

ESPORTE INTERATIVO: Mesmo identificando carências e apontando alvos no mercado, o Flamengo se reapresentou neste sábado (13) sem nem sequer uma cara nova. Todos os 26 atletas que voltaram aos trabalhos - outros sete treinam desde 4 de janeiro - já estavam no elenco ao fim da última temporada, em dezembro de 2017. Apesar de o Campeonato Carioca começar na próxima quarta-feira (17) e a Copa Libertadores, em 40 dias, a diretoria não vê o planejamento comprometido.

"A gente tem que parar com essa ideia de que a cada início de ano chegam 10 aqui. A gente vem se reforçando ao longo do tempo. As chegadas serão pontuais e as saídas já foram muitas. Talvez um ou dois serão realocados, no nosso momento. Em um mês definiremos o nosso elenco. Os nossos alvos estão bem definidos. Não vejo o Flamengo como atrasado", disse o diretor executivo Rodrigo Caetano, que teve apoio do vice-presidente de futebol, Ricardo Lomba.

Rodrigo Caetano e Marcelo Lomba no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
"O elenco é bastante qualificado, e a gente conversava que, mesmo se não chegasse nenhum jogador, o elenco seria suficiente e teria uma performance melhor. Fazendo pré-temporada, com condições melhores... O Flamengo se apresenta muito bem. Justamente por isso, as contratações serão pontuais. Por serem jogadores deste nível, são negociações complexas", emendou.

Sem grana, negociações emperram; Marlos Moreno chega neste sábado

O principal motivo para a, por enquanto, falta de reforços é a política adotada pelo clube nesta janela. O Flamengo não pretende comprar jogadores e liberou pouca verba para reforços e acréscimo na folha salarial, que já passa dos R$ 10 milhões. Limitações que fazem o clube tentar negócios por empréstimo e, principalmente, liberar atletas para abrir espaço para as caras novas.

"Nós tínhamos na virada do ano a nossa meta de vendas. Vendas que tínhamos que atingir. Não se trata de 'plus', uma capacidade maior de investimento. Ficou claro o que temos que atingir de vendas e o que devemos desonerar para poder trazer. A gente sempre vai tentar a melhor contratação possível para o Flamengo", completou Caetano.

Tanto é assim, que os nomes especulados no Rubro-Negro não foram para negócios em definitivo. O atacante colombiano Marlos Moreno, do Manchester City, chega ao Rio de Janeiro neste sábado (13) para assinar por empréstimo até dezembro, custando apenas os salários. Também podem chegar no mesmo modelo o volante Walace, do Hamburgo-ALE, e o atacante Vágner Love, do Alanyaspor-TUR. O lateral Zeca, do Santos, quase fechou sem o pagamento de multa rescisória, mas os cariocas desistiram temporariamente do negócio por falta de garantias jurídicas.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget