Flamengo queria Carpegiani como Coordenador Técnico

RODRIGO MATTOS: O primeiro contato entre dirigentes do Flamengo e Paulo César Carpegiani foi na última rodada do Brasileiro. Na ocasião, o diretor Rodrigo Caetano aproveitou a viagem a Salvador para conversar com o treinador do Tricolor baiano. Queria chamá-lo para ser coordenador técnico do clube em uma função similar a que Paulo Autuori executava no Atlético-PR, e agora faz o mesmo no Fluminense.

A ideia é criar uma modelo que dê estabilidade ao Flamengo com um coordenador que estivesse apoiando o treinador em exercício. Para a diretoria do clube, esse é o modelo para o futuro em que uma pessoa auxilia os diretores rubro-negros com conhecimento técnico, seja para trocar um treinador ou contratar atletas.

Não ficou fechada a negociação e no meio do caminho surgiu o interesse dos chilenos pelo técnico colombiano Reinaldo Rueda. As negociações se desenrolaram sem que o clube soubesse no início, mas o Flamengo já temia perder o treinador no final de dezembro. Oficialmente, dizia que ele ficaria.

Carpegiani, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Em janeiro, as negociações entre Chile e Rueda avançavam. A partir daí, Rueda tinha avisado que tinha proposta. Mas o diretor Rodrigo Caetano era tranquilizado por ele de que sua intenção era ficar no clube. O Flamengo já não tinha certeza.

Por isso, foi conversado com Carpegiani na semana passada se ele mudaria a função para qual seria contratado. Ficou praticamente tudo acertado para que assumisse o cargo de técnico se Rueda dissesse que não permaneceria. Havia, sim, a ideia de tentar outro técnico e ele ficar como coordenador, mas as opções no mercado escassearam. Após o colombiano fora, ele foi confirmado.

A partir de agora, Carpegiani é técnico efetivo do Flamengo, sem ser interino. Mas o Flamengo voltará, sim, a procurar um técnico a longo prazo para que ele se volte para o cargo de coordenador em função igual a de Autuori. O que isso significa? Não há prazo para isso ocorrer, e certamente não será agora. Pode ocorrer, sim, se houver uma oportunidade no futuro.


A ideia é criar uma modelo que dê estabilidade ao Flamengo com um coordenador que estivesse apoiando o treinador em exercício.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget