Flamengo vence o Mogi e assume a liderança do NBB

Agora, o Mengão volta à quadra contra a Liga Sorocabana, na próxima quinta, às 19h, na mesma Arena.

SITE OFICIAL DO FLAMENGO: O FlaBasquete tinha algumas missões nesta noite. Tomar a liderança do Mogi, confirmar a invencibilidade em casa e avisar ao NBB que o campeão voltou. Tudo feito. Diante de pouco mais de 1.300 pessoas na Arena Carioca, Marquinhos, JP e Ramon, com 20, 22 e 21 pontos respectivamente, comandaram uma vitória maiúscula que colocou o Flamengo no topo da tabela da competição. Agora, o Mengão volta à quadra contra a Liga Sorocabana, na próxima quinta, às 19h, na mesma Arena. 

O jogo

Foto: Divulgação
O Flamengo começou com Cubillan, Ramon, Olivinha, Marquinhos e JP Batista. Mas o time que entrou em quadra no início não deu liga. Nos três primeiros minutos, só o Mogi jogou, chegando a abrir 0-13. Neto parou, mas não mexeu no time. A equipe não conseguia encaixar o ataque, errando muitos passes e dando turnovers para os paulistas.

Apenas com cinco minutos de jogo o Flamengo acertou a mão, com Ramon de três. Em seguida, Marquinhos fez mais dois. A torcida passou a empurrar com mais força a equipe e a maré começou a virar. As bolas do Mogi pararam de cair, enquanto as do Mais Querido tinham endereço certo e a diferença no final caiu para oito, nos 17x25 que fecharam a primeira etapa.

Um novo Flamengo veio no segundo quarto. Literalmente. Neto colocou Marcelinho, Pecos e Pilar em quadra e o jogo mudou completamente. Pilar mais uma vez incendiou a partida com raça e jogadas decisivas, mas foi Pecos que acertou a mão de fora do garrafão para virar a partida em 30x27, faltando 5:41 para o final.

O Mogi voltou a tomar a frente, mas Ramon, do fundo de quadra, mandou direto para a cesta (33x34). Logo em seguida, Marcelinho achou João Vitor livre no garrafão e o camisa 34 enterrou para virar novamente para o rubro-negro. O equilíbrio prometido no início da partida apareceu no final do primeiro tempo. Faltando 10 segundos, JP Batista colocou o Fla na frente de novo (37x36) e Guerrinha pediu tempo para o Mogi, mas não adiantou e o Mengão terminou na frente.

O terceiro quarto começou quente. O Mogi abriu frente, mas Ramon, de três, e Marquinhos, após roubada de bola, botaram o Rubro-Negro novamente na dianteira. O mesmo Marquinhos ampliou para 44x41 ao invadir o garrafão e marcar mais uma na enterrada.

O Flamengo embalou e JP começou a dominar o garrafão, marcando 10 pontos só nesse quarto. No final, Pecos ainda achou Marcelinho na ponte aérea para fechar 61x52 para o Mengo, na maior vantagem rubro-negra na partida. Depois foi administrar para fechar em 77x71 e comemorar a liderança.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget