O amor à camisa acabou?

É verdade que com o passar dos anos ficou cada vez mais difícil jogadores permanecerem por muito tempo no mesmo clube. Existem casos raros como o de Zico, Sócrates, Pelé e mais recentemente Rogério Ceni, São Marcos e Fábio, que são exemplos de uma vida dedicada ao clube. Analisando este cenário, Bruno Formiga surgiu com uma questão: AINDA EXISTE AMOR À CAMISA? DÁ O PLAY e confira!!

Há casos raros como o de Zico, Sócrates, Pelé e mais recentemente Rogério Ceni, Marcos e Fábio, que são exemplos de uma vida dedicada ao clube.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget