Sem reforços, diretoria do Flamengo vê garotada aliviar pressão

UOL: O Flamengo terminou 2017 com gosto ruim na boca após ter ficado fora da luta pelo título do Brasileiro e com o vice da Copa Sul-Americana. A temporada seguinte tinha tudo para ser bastante conturbada, ainda mais com a saída do técnico Reinaldo Rueda, que aceitou proposta da seleção chilena e rescindiu com o Rubro-negro de maneira abrupta.

Além disso, o Flamengo se mostrou muito tímido no mercado da bola eté agora apresentou apenas um reforço, o atacante Marlos Moreno, ex-Atlético Nacional-COL. Pouco para um clube organizado financeiramente, com deficiências claras no elenco e marcado por grandes negócios nos últimos anos.

Pepê, jogador do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Crise? Não no Flamengo. O retorno do ídolo Paulo César Carpegiani, campeão da Libertadores e Mundial de 1981, trouxe calmaria ao clube. E isso ficou ainda mais evidenciado após a molecada acumular duas vitórias nos dois primeiros jogos do Campeonato Carioca.

Até agora, o Flamengo se notabilizou por se livrar de jogadores que estavam no elenco, mas que contavam com pouco apreço por parte da torcida. Os casos mais evidentes são os de Marcio Araújo, que fechou com a Chapecoense, e Alex Muralha, que defenderá o Albirex Niigata, do Japão.

Com discurso firme, Carpegiani tem motivado os jovens atletas, que estão recebendo chance de ouro neste início de temporada. Segundo o treinador, idade não define posição e quem se destacar pode ser mantido na equipe titular mesmo com a volta de todos os jogadores.

"Tenho a obrigação de fazer com que eles disputem posições. Vão ganhar a vaga em campo. Quem estiver melhor vai jogar, independentemente se é menino ou não. Vou fazer o melhor para o Flamengo", disse o comandante do Rubro-negro.

"O resultado é sempre importante. Dá uma tranquilidade no futebol, especialmente na grandeza do Flamengo. Fico feliz. O mais importante foi vencer. Tivemos atuação normal. Ganhamos, mas não convencemos. Disse exatamente isso para eles", completou Carpegiani após vitória sobre a Cabofriense.

O Flamengo volta a campo nesta quarta-feira, ás 19h30, quando receberá o Bangu na Ilha do Urubu. O Rubro-negro é o líder do Grupo B com seis pontos em dois jogos.

Crise? Não no Flamengo. O retorno do ídolo Paulo César Carpegiani, campeão da Libertadores e Mundial de 1981, trouxe calmaria ao clube.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget