Série A pode iniciar ano sem técnico estrangeiro pelo 2º ano seguido

A única dúvida segue em relação à continuidade de Reinaldo Rueda no Flamengo.

BULLA NA REDE: O Santos confirmou Jair Ventura nesta quarta-feira, Fernando Diniz está a caminho do Atlético-PR e os 20 clubes da Série A que disputarão o torneio em 2018 vão definindo seus comandantes. A única dúvida segue em relação à continuidade de Reinaldo Rueda no Flamengo. Caso o colombiano não permaneça no Rubro-Negro carioca, será o segundo ano consecutivo que nenhum clube da elite terá um técnico estrangeiro iniciando a temporada.

No ano passado, Petkovic chegou ao Vitória durante o Campeonato Brasileiro, assim como Rueda no Fla. A última vez que gringos iniciaram o trabalho entre clubes da Série A foi em 2016. Na ocasião, Edgardo Bauza chegou ao São Paulo e Diego Aguirre ao Atlético-MG.

Foto: Gilvan de Souza
Nenhum deles conseguiu completar um ano de trabalho. Aguirre caiu logo após a primeira rodada do Brasileirão, quando o Galo também já tinha sido eliminado da Libertadores, e Bauza trocou o Tricolor paulista pela seleção da Argentina depois da décima oitava rodada. Ele já havia levado o São Paulo até a semifinal da competição continental, quando caiu justamente para Rueda, técnico do Atlético Nacional.

Outros estrangeiros que também trabalharam no país em 2016 foram os portugueses Paulo Bento (Cruzeiro) e Sérgio Vieira (América-MG), porém não tiveram vida longa. Bento chegou à Raposa após a primeira rodada do Nacional e ficou só até a décima sexta. Já Vieira assumiu o Coelho na sexta rodada e permaneceu só por dez jogos.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget