Abel admite insatisfação e desejo de Dourado jogar no Flamengo

GLOBO ESPORTE: Abel Braga nunca escondeu sua admiração por Henrique Dourado. Tanto que havia o escolhido para ser o capitão do Fluminense em 2018. O “Ceifador”, porém, pediu para trocar de ares. E o destino, de anúncio iminente, é justamente o arquirrival Flamengo.

Após a vitória sobre a Caldense pela Copa do Brasil, perguntado sobre a possibilidade do artilheiro do Tricolor na temporada 2017 “virar a casaca”, o treinador garantiu ter sido informado apenas da vontade do atacante em sair e, em tom de brincadeira, disse “vai sobrar pancada” no próximo clássico:

- Ele só me falou do desejo de sair, que não estava mais com a cabeça aqui. É um grande atleta. Todo mundo tem que entender isso, principalmente o torcedor. É o direito, é um profissional. Você também não ficará toda sua vida onde você trabalha. É assim, há mudanças. A gente se afeiçoa, mas, de repente, os problemas que ele viu... Mas é um cara de um caráter extraordinário, verdadeiro.

- Se for para o rival, quando jogar contra, vai sobrar pancada, não tem esse negócio! - brincou Abelão, aos risos, na coletiva

Henrique Dourado e Abel Braga no Fluminense - Foto: Nelson Perez
Sobre a questão de Dourado ir para um clube rival, Abel relativizou e lembrou casos de Conca, Fred e Lucas Lima:

- Eu acho que, quando o Conca voltou da China, ele deveria ter procurado o Fluminense em primeiro lugar, mas procurou o Flamengo. É jogador. Cada um é cada um. O Fred estava no Atlético foi para o Cruzeiro... Tem o Lucas Lima (que trocou Santos pelo Palmeiras). As coisas são assim, mudam. São muito complexas e, ao mesmo tempo muito simples. A paixão do torcedor é ganhar jogo. De 1 a 0, 2 a 0... Basta ganhar.

Quanto ao fato da torcida tricolor perder justamente o jogador que despotava como candidato a ídolo do atual grupo, Abel também minimizou e disse confiar que novos ídolos serão eleitos pela torcida.

- O torcedor se incomoda. Mas o Fred saiu e daqui a pouco apareceu o Dourado. O Dourado quando pegava na bola em 2016 era vaiado. O ídolo não é só pelo que ele faz dentro do campo. É o torcedor que cria o ídolo. Claro que o cara está correspondendo ali dentro. E eles vão criar um novo ídolo, não tenha dúvida.

Abel reafirmou que o Fluminense busca um centroavante no mercado para suprir a saída de Dourado. No entanto, garantiu que não pediu o nome de Hernane, do Bahia, sondado pelo clube no começo da semana.

- Hernane eu gosto dele, mas isso não passou nem ao lado da minha sala. O Paulo (Autuori, diretor de futebol) sabe o jogador que eu gostaria de ter. E, além dele, há mais dois jogadores que vão chegar para a gente encorpar mais o grupo.

Sobre a questão de Dourado ir para um clube rival, Abel relativizou e lembrou casos de Conca, Fred e Lucas Lima.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget