Apenas 4 técnicos em 2018 já foram campeões da Libertadores

DRIBLE DE CORPO: A fase de grupos da Copa Libertadores da América começa nesta terça-feira com apenas quatro técnicos campeões do torneio: Paulo César Carpegiani, Renato Gaúcho, Miguel Russo e Marcelo Gallardo são os únicos que estampam o título no currículo. Os outros 28 sonham com o título inédito. Aliás, nos últimos 10 anos, apenas um treinador conseguiu conquistar o troféu duas vezes. O argentino Edgardo Bauza ganhou com a LDU (2008) e o San Lorenzo (2014).

Dos quatro técnicos campeões da Libertadores, dois se enfrentam logo na primeira rodada. Paulo César Carpegiani levou o Flamengo ao título da Libertadores de 1981 aos 32 anos. É o técnico mais jovem a faturar o caneco. Trinta e sete anos depois, parte em busca do bicampeonato novamente à frente do clube rubro-negro.

Técnico Carpegiani, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
A estreia de Carpegiani será contra o River Plate, de Marcelo Gallardo, campeão da Libertadores de 2015 pelo clube argentino. Há três anos, o treinador derrotou na finalíssima o Tigres, do México. Gallardo foi eliminado nas semifinais da edição passada diante do Lanús.

Atual campeão da Libertadores, Renato Gaúcho faz parte do seleto grupo de campeões do torneio como jogador e técnico. Em 2018, planeja festejar o segundo título como treinador para igualar o feito de compatriotas, por exemplo, como Telê Santana, campeão em 1992 e em 1993. Paulo Autuori conseguiu a proeza por Cruzeiro (1997) e São Paulo (2005); Luiz Felipe Scolari brilhou no Grêmio (1995) e no Palmeiras (1999); e Lula no Santos (1962 e 1963).

Comandante do Millonarios, da Colômbia, o argentino Miguel Ángel Russo ganhou a Libertadores em 2007. Na época, liderava o Boca Juniors. Na decisão, o timaço de Riquelme, Palacio e Palermo superou o Grêmio, de Mano Menezes.

Nos últimos 10 anos, nove técnicos foram campeões da Libertadores pela primeira vez na vida: Edgardo Bauza, Alejandro Sabella, Celso Roth, Muricy Ramalho, Tite, Cuca, Marcelo Gallardo, Reinaldo Rueda e Renato Gaúcho. Apenas Bauza ganhou o troféus duas vezes (2008 e 2014).


Paulo César Carpegiani levou o Flamengo ao título da Libertadores de 1981 aos 32 anos.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget