Conmebol autoriza Flamengo a levar jogo para Raulino de Oliveira

EXTRA GLOBO: Mais uma vez em caráter excepcional, a Conmebol sinalizou de forma positiva para a possível troca da Ilha do Urubu pelo Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, como palco da estreia do Flamengo na Libertadores, contra o River Plate.

A mudança do local do jogo do dia 28 virou assunto emergencial depois que duas torres despencaram no estádio insulano em função do temporal na madrugada de ontem. O clube determinou que a empresa responsável emita um laudo técnico sobre o prazo para a Ilha voltar a ser utilizada normalmente, e o tempo até a partida, menos de duas semanas, parece curto para o reparo.

A confirmação sairá hoje. A partida contra o Madureira, na quarta-feira, já não será na Ilha, conforme disse o técnico Carpegiani.

Raulino de Oliveira, Estádio em Volta Redonda - Foto: Celso Pulpo / Fim de Jogo
— Houve esse imprevisto. Com o Madureira já não tem condições de jogo. Mas temos jogado muito fora. Vejo pelo lado bom. Amadurece a equipe mais rápido. Me contento por esse lado — disse.

Dois postes, um entre os setores Sul e Oeste, e outro entre os setores Oeste e Norte, foram forçados pelo vento e se dobraram até o chão. A estrutura da base dos dois se rompeu, mas as ligações elétricas não foram totalmente comprometidas. O clube entende que a obra para içar as torres e repor as mesmas seria demorada. Mas ainda avalia refletores e outros danos a contêineres e laterais de arquibancada.

Volta Redonda é única opção

O aviso prévio à entidade sul-americana foi feito ontem pelos dirigentes rubro-negros, e o diretor de competições Fred Nantes está ciente do problema. A Conmebol entende que os motivos são de força maior e deve acatar o apelo de mudança, se ele se confirmar. Na semana passada, já houve a concordância em trocar o Maracanã pela Ilha para a estreia sem torcida, devido à punição pelos incidentes na Sul-Americana do ano passado, no Maracanã. A entidade considerou que o estádio principal da cidade não teria condições e que o local alugado pelo Flamengo comportaria o jogo sem público, apesar das arquibancadas tubulares serem proibidas no torneio.

Entendimento com o Botafogo mais próximo

Além do baixo custo, Volta Redonda se tornou a única opção porque os outros estádios para o jogo disponíveis na cidade seriam o Nilton Santos, do Botafogo, e São Januário, do Vasco. O custo e a rivalidade atrapalham. Como o Raulino já sediou a semifinal da Taça Guanabara entre Flamengo e Botafogo, não deve sofrer resistência do River Plate.

O Flamengo ainda sofre com a punição aplicada pela desordem ocorrida na final da Sul-Americana. Na ocasião, o Tribunal Disciplinar da Conmebol puniu o Flamengo com dois jogos de portões fechados, sem torcida. Os advogados recorreram e devem apresentar hoje ao Tribunal de Apelação da entidade um pedido formal de audiência para tentar reverter a pena.

Caso haja redução da punição para um jogo sem torcida, o Rubro-negro poderia jogar a terceira rodada — a segunda com mando de campo — no Rio, e com estádio cheio. Havia uma costura para que o Nilton Santos fosse opção ao Maracanã para a primeira fase da Libertadores. No entanto, a comemoração de Vinicius Júnior esfriou as negociações. As diretorias prometeram retomar as conversas com calma em busca de um entendimento. O Flamengo fez novo contato, e o Botafogo se reuniria para definir o aluguel do estádio para o rival essa semana.

A confirmação sairá hoje. A partida contra o Madureira, na quarta-feira, já não será na Ilha, conforme disse o técnico Carpegiani.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget